PÁGINA INICIAL  |  BIOGRAFIA  |  GERAL  |  POLÍTICA  |  RELIGIÃO |  POLICIAL  | ARQUIVO DE NOTÍCIAS  | CONTATO
 




28/04/2015

Prefeitura de Campina é cobrada ao vivo e chamada de “xexeira” em emissoras de rádio por não pagar cachês do São João 2014


Ao mesmo tempo em que anunciava a edição 2015 do Maior São João do Mundo em solenidade festiva na Pirâmide do Parque do Povo, realizada na manhã desta terça-feira (28), nas emissoras de rádio, radialistas, jornalistas e artistas se revezavam em comentários e cobranças “ao vivo” sobre o não pagamento dos cachês de alguns artistas que se apresentaram na edição do ano passado da festa.

 

A cobrança maior foi feita na Rádio Correio FM, quando os apresentadores se revezaram em críticas à prefeitura. O radialista Fabiano Gomes chegou a chamar a gestão do prefeito Romero Rodrigues (PSDB) de “xexeira”, acusando o município de não honrar compromissos com atrações contratadas no ano passado.

 

Segundo a denúncia do radialista, há escritórios que representam atrações nacionais que não querem mais oferecer os artistas ao São João de Campina Grande, pela dificuldade em receber o pagamento. “Tem escritório que representa vários artistas e eu conheço, porque um deles é de um amigo meu, que não quer mais oferecer artistas a Campina Grande. Oferecer pra quê? Pra não receber o pagamento?”, questionou.


Prefeitura de Campina Grnade calote, xexo xexeira, pagamento, atraso

 

Ele citou atrações que receberam os cachês do ano passado no início deste ano. Algumas, segundo ele, só conseguiram receber após pressionar a prefeitura. “Luan Estilizado, por exemplo, chegou e disse: ou vocês me pagam ou eu vou para a imprensa. A prefeitura vai ficar conhecida como ‘xexeira’, se o prefeito Romero não tomar uma providência”, disse Fabiano.

 

Ele também confirmou que algumas atrações ainda não receberam os seus cachês do São João do ano passado. “Os Nonatos receberam em fevereiro, há outras bandas que ainda não receberam. E sabe por que não estão pagando? Não estão pagando porque não tem secretário levando o seu”, acusou o profissional do rádio.

 

Porém, a acusação mais grave do radialista foi a de que existem empresas em Campina Grande que não tem suas certidões em dia e estão recebendo seus pagamentos, porque haveria benefícios indiretos a membros da adminsitração, na visão do radialista. “Tem empresa em Campina Grande recebendo sem ter nenhuma certidão e eu provo. Se Romero vier falar eu provo”.

 

Atraso é “culpa da Copa do Mundo” – O vice-prefeito de Campina Grande, Ronaldo Cunha Lima filho (PSDB) entrou no ar na emissora e reconheceu que algumas atrações receberam seus cachês com atraso. Porém, isso se deu, segundo ele, devido à Copa do Mundo e à falta de apoio por parte do Governo do Estado.

 

Ronaldinho afirmou que, por conta da Copa do Mundo, a atração de patrocínios privados ficou comprometida. Ronaldo Filho não respondeu às críticas de Fabiano Gomes, preferindo direcionar suas críticas a outro integrante da equipe, Wellington Farias, que havia dito, apenas, que a prefeitura só estaria contratando atrações locais devido à crise.

 

“Você está sendo injusto, Wellington. Os campinenses não merecem essa sua injustiça. Você deveria vir mais a Campina para conhecer o São João daqui e falar com mais propriedade”, disse Ronaldinho. Wellington não gostou e disse que o vice-prefeito estaria tentando jogá-lo contra a população da cidade.


Porém, sobre a grave denúncia feita por Fabiano Gomes, Ronaldinho não disse uma só palavra. Vai entender...

 

Do Blog Carlos Magno






 


 


 
Política, bastidores da campanha, atuação jornalística: veja entrevista de Carlos Magno ao Ponto a Ponto da TV Itararé
 

 

.......................................................


www.carlosmagno.com.br

             Jornalista
 Apresentador
 Comentartista Pol?ico
 Cel. (83) 98720-7870
 e-mail:
contato@carlosmagno.com.br
 Facebook: www.facebook/jornalistacarlosmagno
 Twitter: @magnopb
 Instagran: @jornalistacarlosmagno