PÁGINA INICIAL  |  BIOGRAFIA  |  GERAL  |  POLÍTICA  |  RELIGIÃO |  POLICIAL  | ARQUIVO DE NOTÍCIAS  | CONTATO
 




24/05/2016

Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a “Maria Suvacão”


Um dos assuntos mais comentados nesta terça-feira (24) em Campina Grande foi o assassinato de dois moradores de rua na cidade e a tentativa de assassinato de um terceiro, fatos ocorridos na madrugada de ontem. Segundo a polícia, o primeiro caso ocorreu no bairro do Santo Antônio, quando um morador de rua foi encontrado morto na Rua Santo Antônio, próximo à Escola Estadual Assis Chateaubriand.

 

O segundo morador de rua, uma moradora, na verdade, foi encontrada morta por volta das 7h da manhã, na rua Elias Asfora, no centro da cidade. Este crime foi registrado por uma câmera de segurança de um estabelecimento comercial das proximidades.


“Maria Suvacão” foi encontrada morta na rua Elias Asfora, no centro de Campina Grande-PB: o radialista e ex-presidente da Associação Campinense de Imprensa – ACI, Eliomar Gouveia, publicou homenagem a ela em seu facebook (Foto: reprodução de imagem publicada no facebook de Eliomar Gouveia)

 

No caso desta moradora de rua, conhecida popularmente por “Maria Suvacão”, o radialista e ex-presidente da Associação Campinense de Imprensa – ACI, Eliomar Gouveia, escreveu pequeno artigo, em forma de homenagem, e publicou em seu perfil no facebook.

 

O artigo, um primoroso texto que reproduzo abaixo, gerou vários comentários e bateu recordes de acesso na página do comunicador. Veja o comentário de Eliomar:

 

“Seu nome de batismo não era Maria Suvacão, mas era assim que era conhecida, não tinha casa, não tinha bens, não tinha roupas boas nem sapatos, a rua era sua mansão, um lençol era o único abrigo que possuía, se alimentava do pão que era pedido e lhe ofertado, tinha muito pouco, mas pouco mesmo, quase nada, me lembro uma vez de lhe ter dados algumas moedas, suficientes talvez para uma xícara de café, Maria era seu nome, ela tinha um rosto, ela andava, chorava, ria raramente, sofria suas angústias, mas não incomodava ninguém, guardava pra sí seus desamores ou amores, deve ter tido uma paixão de jovem, deve ter tido uma desilusão de adulta, seu nome repito era Maria, como a mãe de Jesus, por ela não teremos protestos, nem caras pintadas, por ela ninguém vai bater panelas, por ela não teremos rodovias fechadas, por ela não teremos minutos preciosos na TV nem nem no rádio, por ela nem coxinhas golpistas nem esquerdistas mórbidos usaram o Facebook para expor suas ideologias sociais e políticas, seu nome era Maria, como tantas outras pelas ruas desse mundo perdido, Maria esse era seu nome, dormia onde podia, sentia o frio e a fome que arrebenta a vida do ser sobrevivente, um dia Maria foi dormir em sua casa, um pedaço de calçada, se encolhendo pra sentir o sono chegar, Maria não mais acordou, alguém que por capricho da maldade humana tirou dela seu bem precioso, a sua vida, ela nem se mexeu, aceitou pela surpresa talvez os golpes de seu algoz, derramou seu sangue pelo mesmo pedaço de calçada que a acolhia, Maria se foi, sim Maria era seu nome, não tinha nada, mas tinha sua vida, hoje já não a tem, Maria na verdade era melhor que eu, era melhor que meu carro, minha comida, minha roupa, meu celular, Maria voltou para os braços de Deus, lá ela ficará protegida, amada, cuidada, não será invisível, perdão Maria nós erramos com você”.

 

Portal Carlos Magno



VEJA TAMBÉM:


Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido


- Mãe confessa como matou o filho: “Paulistinha agarrou ele pelas costas e Xana golpeou de faca; eu ainda vi ele ciscando”


- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes


-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Loja Esplanada encerra atividades em Campina Grande e pede a clientes com pendência para entrar em contato por telefone






 


 


 
Política, bastidores da campanha, atuação jornalística: veja entrevista de Carlos Magno ao Ponto a Ponto da TV Itararé
 

 

.......................................................


www.carlosmagno.com.br

             Jornalista
 Apresentador
 Comentartista Pol?ico
 Cel. (83) 98720-7870
 e-mail:
contato@carlosmagno.com.br
 Facebook: www.facebook/jornalistacarlosmagno
 Twitter: @magnopb
 Instagran: @jornalistacarlosmagno