-
Corpo de jornalista paraibano desaparecido há quatro dias é encontrado em estrada no Tocantins


PGINA INICIAL  |  BIOGRAFIA  |  GERAL  |  POLTICA  |  RELIGIO  |  POLICIAL  |  ARQUIVO DE NOTCIAS  |  CONTATO
 




08/09/2016

Corpo de jornalista paraibano desaparecido há quatro dias é encontrado em estrada no Tocantins


O corpo do jornalista Mateus Júnior, que estava desaparecido há quatro dias, foi encontrado em uma estrada próximo a Lajeado, município a cerca de 65 km de Palmas na noite desta quarta-feira (7). De acordo com a Delegacia Especializada em Investigações Criminais (Deic), um dos suspeitos, que havia sido detido pela Polícia Civil, levou os policiais até o local onde estava o corpo.

 

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Vinícius Mendes de Oliveira, oito pessoas foram detidas em uma casa no município de Nova Rosalândia, a 119 km da capital, e serão ouvidas. Quatro suspeitos já tiveram a prisão decretada.


Mateus Júnior era natural de Itaporanga, no sertão da Paraíba. Ele se formou em Comunicação Social na Universidade Estadual da Paraíba – UEPB, em Campina Grande 


Mateus Júnior era natural de Itaporanga, no sertão da Paraíba. Ele se formou em Comunicação Social na Universidade Estadual da Paraíba – UEPB, em Campina Grande, e, logo após a conclusão do curso, mudou-se para Tocantins, onde fez carreira no jornalismo, destacando-se como assessor de imprensa.

 

Entenda – O jornalista estava desaparecido desde a madrugada de sábado (3). Ele foi visto pela última vez, por volta das 2h, em um bar da quadra 303 Norte. A polícia foi até a casa do homem na 306 Sul e encontrou o local aberto e revirado.

 

Na casa foram encontrados copos quebrados pelo chão, gavetas remexidas, piscina ligada e cheia de latas de cerveja. Uma televisão foi levada e o carro da vítima não estava na garagem, porém, os documentos de Júnior e do veículo ficaram para trás.

 

Vizinhos disseram ter ouvido sons na casa do jornalista por volta das 4h de sábado. A empregada que trabalhava para a vítima desde 2009 foi a primeira a perceber que o jornalista estava desaparecido.

 

O carro da vítima foi encontrado em Porangatu, cidade ao norte de Goiás, na terça-feira (6). O veículo estava abandonado, perto da rodoviária da cidade. As informações foram confirmadas pela Polícia Civil do município. A polícia disse que dentro do carro não tinha ninguém e nem vestígios de sangue – G1.

 

Portal Carlos Magno



VEJA TAMBÉM:


Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido


- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a “Maria Suvacão”


- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes


-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber “quais pessoas se importariam com sua ausência” e vem a público pedir desculpas






 


 


 
Política, bastidores da campanha, atuação jornalística: veja entrevista de Carlos Magno ao Ponto a Ponto da TV Itararé
 

 

.......................................................


www.carlosmagno.com.br

             Jornalista
 Apresentador
 Comentartista Poltico
 Cel. (83) 99993-6070 / (83) 98720-7870
 e-mail:
contato@carlosmagno.com.br
 Facebook: www.facebook/jornalistacarlosmagno
 Twitter: @magnopb
 Instagran: @jornalistacarlosmagno