PÁGINA INICIAL  |  BIOGRAFIA  |  GERAL  |  POLÍTICA  |  RELIGIÃO |  POLICIAL  | ARQUIVO DE NOTÍCIAS  | CONTATO
 




10/09/2016

Em Campina: Polícia prende vendedor ambulante e apreende joias, celulares, câmeras fotográficas e eletrônicos sem nota fiscal


A Polícia Civil, por meio das Delegacias da Infância e Juventude (DIJ) e Repressão a Crimes Contra a Infância e Juventude (DRCCIJ) de Campina Grande, realizou, na manhã desta sexta feira (9), uma operação para combater a venda de produtos de origem criminosa na cidade. O trabalho foi motivado pelos registros das ocorrências de roubos de aparelhos celulares.

 

“As vítimas procuraram a delegacia relatando os roubos e um desses aparelhos que tinha o programa de rastreamento foi encontrado em uma residência. No local identificamos a pessoa que teria comprado o celular. Ela levou os agentes de investigação até uma segunda pessoa, que, por sua vez, falou que trocou o aparelho com uma terceira. E foi este comprador que, ao ser ouvido, informou ter adquirido o celular de um vendedor ambulante”, disse a delegada da DIJ, Nercilia Dantas.


Com o vendedor ambulante José Petrônio a polícia encontrou 20 aparelhos celulares, um mostruário de joias, várias câmeras digitais e outros produtos eletrônicos, que foram apreendidos

 

As informações repassadas pelo último comprador do aparelho telefônico revelaram que a pessoa responsável pela venda era o vendedor ambulante José Petrônio. Ele foi encontrado na Praça Clementino Procópio, no Centro de Campina Grande. Com ele foram apreendidos 20 aparelhos celulares, um mostruário de jóias, várias câmeras digitais e outros produtos eletrônicos. Quando foi perguntado sobre a procedência do material, ele não informou a polícia.

 

Os policiais também não acharam nenhuma nota fiscal dos objetos no local e nem licença para a comercialização dos produtos. José Procópio foi encaminhado para a Delegacia e autuado por crime tributário e será investigado por receptação de produtos roubados. Como o crime é inafiançável ele vai ser encaminhado para o Presídio do Serrotão, onde deve permanecer aguardando a sentença da Justiça. As três pessoas que compraram o celular com registro de roubo foram ouvidas e liberadas porque não foi comprovado que elas sabiam que o aparelho celular era roubado – Secom-PB.

 

Portal Carlos Magno



VEJA TAMBÉM:


Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido


- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a “Maria Suvacão”


- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes


-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber “quais pessoas se importariam com sua ausência” e vem a público pedir desculpas






 


 


 
Política, bastidores da campanha, atuação jornalística: veja entrevista de Carlos Magno ao Ponto a Ponto da TV Itararé
 

 

.......................................................


www.carlosmagno.com.br

             Jornalista
 Apresentador
 Comentartista Pol?ico
 Cel. (83) 98720-7870
 e-mail:
contato@carlosmagno.com.br
 Facebook: www.facebook/jornalistacarlosmagno
 Twitter: @magnopb
 Instagran: @jornalistacarlosmagno