-
Polícia prende pedófilo que aliciou, propôs casamento e deu aliança a menino de 12 anos, que pediu para voltar pra casa e foi ameaçado


PGINA INICIAL  |  BIOGRAFIA  |  GERAL  |  POLTICA  |  RELIGIO  |  POLICIAL  |  ARQUIVO DE NOTCIAS  |  CONTATO
 




11/09/2016

Polícia prende pedófilo que aliciou, propôs casamento e deu aliança a menino de 12 anos, que pediu para voltar pra casa e foi ameaçado


A Polícia Civil obteve trechos de conversas nas redes sociais do jovem de 23 anos, preso suspeito de aliciar um garoto de 12 e sumir com ele por cinco dias, em Jaraguá, região central de Goiás. O G1 teve acesso a parte do material onde o rapaz - tido na investigação como pedófilo - faz declarações amorosas ao adolescente e diz até que pretende se casar com ele.

 

A polícia explica que como a o menino deletou sua conta, não é possível ver as respostas dele para o jovem. Em determinado momento, o suspeito diz: "Casamento de aliança no dedo aceita ou não [...] Vc [sic] vai colocar uma aliança no meu dedo e eu coloco no seu".


De acordo com a polícia, o suspeito, um jovem de 23 anos, mantinha um perfil falso no Facebook, onde se passava por um ator de televisão. Com esse disfarce, ele começou a conversar com o menor

 

O anel, de fato, foi dado de presente ao menor para selar o compromisso entre os dois, enquanto eles caminhavam por propriedades rurais da região de Jaraguá. Antes disso, o garoto pediu para voltar para casa, mas foi ameaçado, de acordo com a investigação.

 

Em outro trecho das conversas, o jovem preso faz declarações amorosas para o menino: "Amo vc [...] Vc me ama de verdade". Por fim, questiona ao menino: "Vc tá dispostos a viver junto comigo?".

 

De acordo com a polícia, o suspeito mantinha um perfil falso no Facebook, onde se passava por um ator de televisão. Com esse disfarce, ele começou a conversar com o menor.

 

Usando esse mesmo expediente, conforme a investigação, o jovem teria aliciado pelo menos outras seis crianças, sendo quatro em Gurupi (TO), uma em Porangatu, na região norte de Goiás, e outra em Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana de Goiânia.

 

O rapaz está preso e deve ser indiciado por estupro de vulnerável. Se condenado, pode pegar uma pena que varia entre 8 e 15 anos.

 

Alívio – A mãe do menino, uma costureira de 39 anos se emocionou ao reencontrar o filho. "Parece que meu filho nasceu de novo. A sensação é que eu fui buscá-lo na maternidade outra vez. Estou muito aliviada, é uma felicidade inexplicável. Ele ainda está meio triste, mas tudo vai melhorar", disse a mulher ao G1.

 

O menino foi encontrado na quinta-feira (8) às margens da BR-153, nas proximidades de uma fazenda, em São Francisco de Goiás, a 28 km de Jaraguá.

 

Ele sumiu no último sábado (3) após dizer para a família que ira para a casa de um amigo – G1.

 

Portal Carlos Magno



VEJA TAMBÉM:


Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido


- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a “Maria Suvacão”


- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes


-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber “quais pessoas se importariam com sua ausência” e vem a público pedir desculpas






 


 


 
Política, bastidores da campanha, atuação jornalística: veja entrevista de Carlos Magno ao Ponto a Ponto da TV Itararé
 

 

.......................................................


www.carlosmagno.com.br

             Jornalista
 Apresentador
 Comentartista Poltico
 Cel. (83) 99993-6070 / (83) 98720-7870
 e-mail:
contato@carlosmagno.com.br
 Facebook: www.facebook/jornalistacarlosmagno
 Twitter: @magnopb
 Instagran: @jornalistacarlosmagno