-
De 126 açudes monitorados, Paraíba tem 58 em situação crítica , com menos de 5% da capacidade de armazenamento


PGINA INICIAL  |  BIOGRAFIA  |  GERAL  |  POLTICA  |  RELIGIO  |  POLICIAL  |  ARQUIVO DE NOTCIAS  |  CONTATO
 




22/10/2016

De 126 açudes monitorados, Paraíba tem 58 em situação crítica , com menos de 5% da capacidade de armazenamento


Cinquenta e oito dos 126 açudes monitorados pelo Governo do Estado estão com menos de 5% da capacidade de estoque. Outros 33 estão com volume abaixo dos 20% e apenas 36 reservatórios estão com mais de 20%.

 

A situação crítica foi provocada pelo prolongamento da estiagem e a Agência Executiva de Gestão de Águas da Paraíba (Aesa) pediu ao Ministério da Integração Nacional agilidade na conclusão das obras da transposição de águas do Rio São Francisco.


Cinquenta e oito dos 126 açudes monitorados pelo Governo do Estado estão com menos de 5% da capacidade de estoque. Outros 33 estão com volume abaixo dos 20% e apenas 36 reservatórios estão com mais de 20%

 

Juntos, os açudes administrados pelo Governo do Estado podem acumular 3,7 bilhões de metros cúbicos, mas segundo dados do setor de Monitoramento e Hidrometria da Aesa, até a manhã desta sexta-feira (21) eles estavam com pouco mais de 441 milhões, ou seja, 11,6%.

 

“A pior situação encontra-se na região do Curimataú. Está cada vez mais complicado abastecer cidades como Picuí, Nova Floresta, Cuité, Barra de Santa Rosa, Algodão de Jandaíra e Remígio”, alertou o presidente da Aesa, João Fernandes da Silva.

 

Em audiência com o ministro de Estado da Integração Nacional, Helder Zahluth Barbalho, esta semana, o presidente da Aesa lembrou que dos 223 municípios paraibanos, 196 estão em colapso por falta d´água.

 

“Explicamos a gravidade do problema provocado pela maior seca dos últimos 50 anos e pedimos agilidade na conclusão da obra da transposição. O ministro disse que as águas do São Francisco devem chegar em fevereiro de 2017 em Monteiro. Mas, com base nos relatórios técnicos lidos e nas observações de campo que fizemos, acreditamos que isto vai acontecer mesmo em abril”, concluiu Fernandes.

 

Consulta Pública – O Ministério da Integração anunciou que vai abrir, a partir de 31 deste mês, consulta pública dos serviços que não foram executados pela empresa Mendes Júnior Trading S/A nas obras do eixo norte. As construtoras que tiverem interesse em ingressar no certame licitatório poderão visitar as obras, analisar documentos técnicos e antecipar questionamentos.

 

O Projeto de Integração do Rio São Francisco está com quase 90% de conclusão e quando finalizado vai assegurar o abastecimento regular de 390 cidades em Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte. Serão beneficiadas 12 milhões de pessoas nesses estados – Secom-PB.

 

Portal Carlos Magno



VEJA TAMBÉM:


Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido


- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a “Maria Suvacão”


- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes


-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber “quais pessoas se importariam com sua ausência” e vem a público pedir desculpas






 


 


 
Política, bastidores da campanha, atuação jornalística: veja entrevista de Carlos Magno ao Ponto a Ponto da TV Itararé
 

 

.......................................................


www.carlosmagno.com.br

             Jornalista
 Apresentador
 Comentartista Poltico
 Cel. (83) 99993-6070 / (83) 98720-7870
 e-mail:
contato@carlosmagno.com.br
 Facebook: www.facebook/jornalistacarlosmagno
 Twitter: @magnopb
 Instagran: @jornalistacarlosmagno