-
Casal é preso acusado de abusar sexualmente da própria filha, um bebê de 2 anos. Um parente da família fez a denúncia


PÁGINA INICIAL  |  BIOGRAFIA  |  GERAL  |  POLÍTICA  |  RELIGIÃO  |  POLICIAL  |  ARQUIVO DE NOTÍCIAS  |  CONTATO
 




24/11/2016

Casal é preso acusado de abusar sexualmente da própria filha, um bebê de 2 anos. Um parente da família fez a denúncia


Um casal foi preso esta semana suspeito de abusar sexualmente da própria filha, de apenas 2 anos, em Valparaíso de Goiás, no Entorno do DF. Segundo a Polícia Civil, o funcionário público, de 29 anos, e a mulher, uma dona de casa, de 31, negaram o crime. Um parente da família fez a denúncia.

 

A prisão é válida por 30 dias, mas pode ser prorrogada. De acordo com a delegada Isis Santana Leal, responsável pelo caso, um familiar fez fotos da criança e disse ter desconfiado pelo fato dela apresentar um comportamento estranho para a idade dela.


O casal foi detido no apartamento onde morava com a filha. No local, foi encontrada uma pequena porção de maconha. Conforme a polícia, eles admitiram, em depoimento, que eram usuários de drogas

 

"Ele veio denunciar e tirou umas fotos da criança que chamavam atenção porque apresentava muitas alergias e uma irritação muito grande na área íntima, o que não é muito comum. Levamos a questão ao Judiciário pedindo a prisão do casal justamente para averiguar melhor a situação longe dos supostos agressores", explicou.

 

O casal foi detido no apartamento onde morava com a filha. No local, foi encontrada uma pequena porção de maconha. Conforme a polícia, eles admitiram, em depoimento, que eram usuários de drogas.

 

Após a prisão, a criança foi levada ao Instituto Médico Legal (IML) para passar pelo exame de corpo de delito. Em seguida, foi entregue à avó paterna, que ficará responsável por ela até que uma nova decisão da Justiça.

 

A delegada afirma que a investigação segue com o intuito de confirmar se o crime de fato ocorreu. "[Vamos] fazer um apanhado de todas as provas anexadas aos autos. O depoimento desse familiar vai ser muito importante, mas também o acompanhamento psicológico para saber se ela tem características de uma vítima de abuso ou não", salienta ?" G1.

 

Portal Carlos Magno



VEJA TAMBÉM:


Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido


- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"


- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes


-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas






 


 


 
Política, bastidores da campanha, atuação jornalística: veja entrevista de Carlos Magno ao Ponto a Ponto da TV Itararé
 

 

.......................................................


www.carlosmagno.com.br

             Jornalista
 Apresentador
 Comentartista Político
 Cel. (83) 98720-7870
 e-mail:
contato@carlosmagno.com.br
 Facebook: www.facebook/jornalistacarlosmagno
 Twitter: @magnopb
 Instagran: @jornalistacarlosmagno