-
Na tribuna, Lira volta a destacar papel social do Banco do Brasil e protesta contra fechamento de agências


PÁGINA INICIAL  |  BIOGRAFIA  |  GERAL  |  POLÍTICA  |  RELIGIÃO  |  POLICIAL  |  ARQUIVO DE NOTÍCIAS  |  CONTATO
 




05/12/2016

Na tribuna, Lira volta a destacar papel social do Banco do Brasil e protesta contra fechamento de agências


Em novo pronunciamento na Tribuna do Senado, o Senador Raimundo Lira (PMDB-PB) voltou a protestar contra a decisão do Banco do Brasil de fechar agências no País. Para ele, o BB, historicamente, sempre atuou como um banco de integração nacional, e por isso não pode adotar os mesmos procedimentos dos bancos privados, que tem objetivo de fomentar o desenvolvimento econômico visando o lucro de seus acionistas.

 

Lira também destacou que a instituição tem um papel social, especialmente no interior do Brasil, e ressaltou que, desta forma, o banco chegou aos rincões do País, onde havia uma atividade econômica do algodão, do sisal, da agricultura de modo geral, impulsionando, assim, o desenvolvimento da região.


O Senador Raimundo Lira (PMDB-PB) voltou a protestar contra a decisão do Banco do Brasil de fechar agências no País. Ele destacou que a instituição tem um papel social, especialmente no interior do Brasil

 

Ele lembrou que o Banco do Brasil forneceu os melhores quadros de funcionários e de técnicos para a criação do Banco Central e do Ministério do Planejamento.

 

Para Lira, é preciso uma forte pressão para impedir o encerramento das atividades do banco nas cidades anunciadas. Ele lembrou ainda que, no ano passado, mesmo com toda a recessão, o BB teve lucro de R$ 14 bilhões. Otimista, o Senador disse acreditar que os próximos resultados podem ser melhores. "O Banco do Brasil, que foi o banco de integração nacional, tem um papel social com o país".

 

Raimundo Lira também voltou a alertar para o "novo cangaço", que surge no interior do País, agora em quadrilhas especializadas em explodir bancos, e lembrou que o BB já está fechando agências nos pequenos municípios por conta dos casos de roubo. O resultado é que milhares de pessoas têm que se deslocar por muitos quilômetros em busca de atendimento bancário, afirmou Lira - Assessoria.


Portal Carlos Magno



VEJA TAMBÉM:


Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido


- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"


- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes


-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas






 


 


 
Política, bastidores da campanha, atuação jornalística: veja entrevista de Carlos Magno ao Ponto a Ponto da TV Itararé
 

 

.......................................................


www.carlosmagno.com.br

             Jornalista
 Apresentador
 Comentartista Político
 Cel. (83) 99993-6070 / (83) 98720-7870
 e-mail:
contato@carlosmagno.com.br
 Facebook: www.facebook/jornalistacarlosmagno
 Twitter: @magnopb
 Instagran: @jornalistacarlosmagno