PÁGINA INICIAL  |  BIOGRAFIA  |  GERAL  |  POLÍTICA  |  RELIGIÃO |  POLICIAL  | ARQUIVO DE NOTÍCIAS  | CONTATO
 




31/12/2016

Projeto de Lira que amplia pena para lesão corporal leve em casos de violência doméstica está pronto para votação


Tramita na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado, pronto para entrar na pauta de votação, o Projeto de Lei (PLS 418/2016), do senador Raimundo Lira (PMDB-PB) que aumenta a pena do crime de lesão corporal leve em casos de violência doméstica. Pela proposta, o prazo de detenção máxima para quem cometer esse tipo de crime passa de 3 para 4 anos de cadeia.

 

Ao justificar a propositura, Lira cita um caso recente de violência cometida por um agressor contra a ex-companheira, em uma cidade no interior de São Paulo. A cena foi filmada por uma câmera de segurança. Ele ressalta que, embora as imagens demonstrem a violência e periculosidade do agressor, não foi decretada a sua prisão preventiva.


O Projeto de Lei (PLS 418/2016), do senador Raimundo Lira (PMDB-PB), que aumenta a pena do crime de lesão corporal leve em casos de violência doméstica, está pronto para votação, na CCJ do Senado

 

Em entrevista à Agência Senado de Notícias, o Senador lembrou que, pelo artigo 313 do Código de Processo Penal, é admitida a prisão preventiva para crimes dolosos punidos com pena privativa de liberdade máxima superior a 4 anos. Porém, o crime de lesão corporal leve, em situação de violência doméstica, apresenta, hoje, uma pena máxima de 3 anos de detenção.

 

||aspas||Não acreditamos que essa deva ser a melhor solução. Ato de tamanha agressividade não pode ficar sem resposta imediata e adequada, razão pela qual entendemos ser imprescindível a elevação da pena máxima do crime de lesão corporal leve em situação de violência doméstica para 4 anos de reclusão||aspas||, defende o senador.

 

Se aprovada na CCJ e não for apresentado recurso para que o texto seja votado pelo Plenário do Senado, poderá seguir diretamente para análise da Câmara dos Deputados - Assessoria.


Portal Carlos Magno



VEJA TAMBÉM:


Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido


- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a ||aspas||Maria Suvacão||aspas||


- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes


-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber ||aspas||quais pessoas se importariam com sua ausência||aspas|| e vem a público pedir desculpas






 


 


 
Política, bastidores da campanha, atuação jornalística: veja entrevista de Carlos Magno ao Ponto a Ponto da TV Itararé
 

 

.......................................................


www.carlosmagno.com.br

             Jornalista
 Apresentador
 Comentartista Pol?ico
 Cel. (83) 98720-7870
 e-mail:
contato@carlosmagno.com.br
 Facebook: www.facebook/jornalistacarlosmagno
 Twitter: @magnopb
 Instagran: @jornalistacarlosmagno