PÁGINA INICIAL  |  BIOGRAFIA  |  GERAL  |  POLÍTICA  |  RELIGIÃO |  POLICIAL  | ARQUIVO DE NOTÍCIAS  | CONTATO
 




11/04/2017

Este homem foi preso em João Pessoa suspeito de enganar empresa de São Paulo com golpe do depósito falso, no valor de R$ 64 mil


Uma operação conjunta da Polícia Civil, por meio da Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF) de João Pessoa e policiais militares da 1ª Companhia, realizada na tarde desta segunda-feira (10), resultou na prisão de Wystefan Souza do Nascimento, 27 anos, e na identificação de mais outras duas pessoas, suspeitas de envolvidos na prática do golpe do depósito falso.

 

||aspas||Os suspeitos entraram em contato com uma empresa do Estado de São Paulo, convencendo um funcionário de que havia feito um depósito bancário ||aspas||por engano||aspas||, no valor de R$ 64 mil. Para que o funcionário não desconfiasse, eles apresentaram um falso comprovante dos valores informados e solicitaram que a empresa devolvesse na conta bancária deles o valor depositado. Eles deram o número de uma agência do Banco do Brasil no Parque Lagoa na Capital||aspas||, disse o delegado da DDF, Lucas Sá.


Wystefan Souza do Nascimento, 27 anos, entrou em contato com uma empresa do Estado de São Paulo, convencendo um funcionário de que havia feito um depósito bancário ||aspas||por engano||aspas||, no valor de R$ 64 mil, e pedindo a devolução do dinheiro

 

Assim que a empresa transferiu o valor, o crime foi descoberto pelo setor de fraudes do banco. Os funcionários identificaram que os valores foram transferidos imediatamente da conta do primeiro suspeito para Wystefan. Ele conseguiu sacar a quantia de R$ 10 mil e estava transferindo R$ 19 mil para diversas contas bancárias. Enquanto ele fazia transação, a Polícia Militar foi acionada para realizar a prisão do suspeito, que foi encaminhado para Delegacia de Defraudações e Falsificações.

 

Durante o depoimento, os policiais da DDF conseguiram identificar mais dois suspeitos de integrar o grupo criminoso. Mesmo estando foragidos. eles foram indiciados pelos mesmos crimes que Wystefan, estelionato e associação criminosa. O delegado Lucas Sá pede para que as vítimas destes suspeitos procurem a Delegacia na Central de Policia, no Geisel, ou ligue para o telefone 197 Disque Denúncia da Secretaria de Estado da Segurança e da Defesa Social, não precisa se identificar - Secom-PB.

 

Portal Carlos Magno



VEJA TAMBÉM:


Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido


- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a ||aspas||Maria Suvacão||aspas||


- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes


-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber ||aspas||quais pessoas se importariam com sua ausência||aspas|| e vem a público pedir desculpas






 


 


 
Política, bastidores da campanha, atuação jornalística: veja entrevista de Carlos Magno ao Ponto a Ponto da TV Itararé
 

 

.......................................................


www.carlosmagno.com.br

             Jornalista
 Apresentador
 Comentartista Pol?ico
 Cel. (83) 98720-7870
 e-mail:
contato@carlosmagno.com.br
 Facebook: www.facebook/jornalistacarlosmagno
 Twitter: @magnopb
 Instagran: @jornalistacarlosmagno