PÁGINA INICIAL  |  BIOGRAFIA  |  GERAL  |  POLÍTICA  |  RELIGIÃO |  POLICIAL  | ARQUIVO DE NOTÍCIAS  | CONTATO
 




21/04/2017

Polícia prende 10 membros de quadrilha acusada de homicídios, roubos e tráfico de drogas no Litoral Norte da Paraíba


As Polícias Civil e Militar da Paraíba deflagraram, nesta quinta-feira (20), no Litoral Norte da Paraíba, a ||aspas||Operação Potiguara||aspas||, que reuniu 125 homens e mulheres da 7ª Área Integrada de Segurança Pública. O objetivo foi cumprir mandados de prisão contra pessoas suspeitas da prática de homicídio, roubo e tráfico de drogas nas cidades de Mamanguape, Baía da Traição e Mataraca.

 

Ao todo, foram presas 10 pessoas e um adolescente apreendido. De acordo com o delegado da 7ª Seccional, Walter Brandão, as investigações começaram ainda no mês de julho de 2016 e tratavam sobre um grupo que agia em várias frentes criminosas: roubo, homicídios e tráfico de drogas.


Foram presos: Rogério Silva de Almeida Filho, Igor Bessa da Silva, Gabriel Henrique Santana Nunes, Ismael Cassiano de Araújo, Adriano Barbosa da Silva, José Gomes da Silva, Selma Pereira de Jesus, Rivângela Ferraro de Andrade, Gutemberg Alves de Sousa e Luzimar Fernandes de Sousa

 

||aspas||Identificamos que era um grupo que se ramificava. Uma parte agia nas cidades de Mamanguape e Mataraca e a outra agia em Baía da Traição. As investigações apontam que os suspeitos que agiam em Mamanguape e Mataraca são responsáveis por pelo menos 50% dos homicídios ocorridos nos anos de 2015 e 2016 nesses dois municípios||aspas||, disse a autoridade policial.

 

Ao longo das investigações foram apreendidos 11 quilos de entorpecentes, ao todo 15 pessoas já foram presas e cinco armas de fogo recolhidas, além de diversos veículos recuperados.

 

||aspas||Os veículos roubados eram usados em prática de assaltos. Quando identificamos como a quadrilha agia, entramos com os pedidos de mandados de prisão preventiva e nesta quarta-feira demos andamento a operação. Ainda foram cumpridos mandados dentro de unidades prisionais, já que alguns participavam das articulações de crimes, integrando a quadrilha criminosa||aspas||, afirmou Walter Brandão.

 

Foram presos: Rogério Silva de Almeida Filho, de 19 anos; Igor Bessa da Silva; Gabriel Henrique Santana Nunes, de 19 anos; Ismael Cassiano de Araújo, de 28 anos; Adriano Barbosa da Silva; José Gomes da Silva; Selma Pereira de Jesus; Rivângela Ferraro de Andrade; Gutemberg Alves de Sousa, de 26 anos; e Luzimar Fernandes de Sousa.

 

Os presos foram ouvidos e em seguida encaminhados para unidades prisionais, onde deverão aguardar as decisões da Justiça. Eles vão responder pelos crimes: tráfico de drogas, roubo, homicídios e posse ilegal de arma de fogo - Secom-PB.

 

Portal Carlos Magno



VEJA TAMBÉM:


Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido


- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a ||aspas||Maria Suvacão||aspas||


- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes


-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber ||aspas||quais pessoas se importariam com sua ausência||aspas|| e vem a público pedir desculpas






 


 


 
Política, bastidores da campanha, atuação jornalística: veja entrevista de Carlos Magno ao Ponto a Ponto da TV Itararé
 

 

.......................................................


www.carlosmagno.com.br

             Jornalista
 Apresentador
 Comentartista Pol?ico
 Cel. (83) 98720-7870
 e-mail:
contato@carlosmagno.com.br
 Facebook: www.facebook/jornalistacarlosmagno
 Twitter: @magnopb
 Instagran: @jornalistacarlosmagno