PÁGINA INICIAL  |  BIOGRAFIA  |  GERAL  |  POLÍTICA  |  RELIGIÃO |  POLICIAL  | ARQUIVO DE NOTÍCIAS  | CONTATO
 




13/05/2017

Menina de 14 anos tentou se matar para fugir dos estupros do padrasto, que já foi preso. Ela era abusada desde os 10 anos


Uma menina de 14 anos tentou se matar em Manaus-AM, após inalar bastante cola. O motivo da tentativa de suicídio é de que ela não aguentava mais ser estuprada pelo padrasto, de 31 anos. Na manhã da última quinta-feira (11), o suspeito foi preso por policiais da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca).

 

De acordo com a delegada Juliana Tuma, titular da Depca, a vítima relatou em depoimento que sofria os abusos desde quando tinha 10 anos de idade. Ela não denunciava o crime por medo de ser morta, uma vez que o padrasto a ameaçava. A jovem também não podia contar com a ajuda da mãe, pois a mesma sabia dos abusos e também a intimidava.


Esta menina, de 14 anos, tentou se matar em Manaus-AM, após inalar bastante cola. O motivo da tentativa de suicídio é de que ela não aguentava mais ser estuprada pelo padrasto, de 31 anos

 

Segundo Tuma, o único jeito que a vítima encontrou de pedir ajuda foi escrevendo uma carta. ||aspas||Ela escreveu essa carta e levou pra escola. No colégio, ela foi até a diretora e disse que tinha algo para entregar a ela, mas que estava com muita vergonha||aspas||, revelou. Em seguida, o Conselho Tutelar da Zona Norte foi acionado e o caso foi denunciado. ||aspas||A equipe recebeu a denúncia e fomos investigar||aspas||, disse.

 

O suspeito, um serralheiro, foi preso dentro de casa, no bairro Lago Azul, na Zona Norte de Manaus. No momento em que a polícia chegou ao local, ele tentou se esconder no banheiro, mas sem sucesso.

 

Os policiais encontraram dentro da casa um rifle e uma espingarda, além de uma arma caseira. Por conta disso, o serralheiro foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo.

 

Na delegacia, o suspeito negou os crimes praticados contra a enteada. Porém, a delegada possui muitas provas que contradizem a versão do suspeito. ||aspas||O irmão dela, de 12 anos, afirmou que já havia presenciado o padrasto fazendo sexo com a irmã. Ele também disse que o padrasto os ameaçava e dizia que iria matá-los caso falassem algo, tanto que ele usava uma palmatória de madeira grossa para bater na mão dos dois||aspas||, detalhou.

 

A delegada informou que o suspeito é bastante agressivo. Além do padrasto, a mãe da vítima, que não teve a idade revelada, também será indiciada pelo crime de estupro de vulnerável na forma omissiva, uma vez que sabia dos casos e não denunciava. ||aspas||Ela sabia e até não deixava a filha contar||aspas||, disse Tuma - A Crítica.

 

Portal Carlos Magno



VEJA TAMBÉM:


Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido


- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a ||aspas||Maria Suvacão||aspas||


- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes


-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber ||aspas||quais pessoas se importariam com sua ausência||aspas|| e vem a público pedir desculpas






 


 


 
Política, bastidores da campanha, atuação jornalística: veja entrevista de Carlos Magno ao Ponto a Ponto da TV Itararé
 

 

.......................................................


www.carlosmagno.com.br

             Jornalista
 Apresentador
 Comentartista Pol?ico
 Cel. (83) 98720-7870
 e-mail:
contato@carlosmagno.com.br
 Facebook: www.facebook/jornalistacarlosmagno
 Twitter: @magnopb
 Instagran: @jornalistacarlosmagno