PÁGINA INICIAL  |  BIOGRAFIA  |  GERAL  |  POLÍTICA  |  RELIGIÃO |  POLICIAL  | ARQUIVO DE NOTÍCIAS  | CONTATO
 




09/08/2017

Fim do racionamento no dia 26 vai acabar sofrimento com a falta de água em Campina Grande e mais 18 cidades, destaca secretário


O racionamento d'água em Campina Grande e região está com os dias contados. O secretário de Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio Ambiente e Ciência e Tecnologia, João Azevêdo, anunciou, nesta quarta-feira (8), que o abastecimento d'água na cidade e adjacências voltará ao normal a partir do dia 26 de agosto. O anúncio foi feito logo após reunião com técnicos do órgão e outros auxiliares do Governo do Estado, na sede da Gerência Regional da Companhia de Abastecimento de Água (Cagepa).

"É importante dizer que a nossa meta, a partir da chegada das águas do São Francisco na região de Campina, era fazer com que a cidade saísse do racionamento prolongado. Agora nós podemos anunciar, depois de muito trabalho que realizamos, que Campina e toda a região voltarão a ter o abastecimento normal. Isso trará um impacto direto na rotina das famílias. A partir de amanhã (quarta-feira, 9), a Cagepa já começa a tomar as providencias para que até o dia 26 de agosto esse processo comece a acontecer", assegurou o secretário de Infraestrutura, João Azevêdo.



João Azevêdo ressaltou que tudo foi feito dentro do prazo do Governo do Estado desde a chegada das águas do São Francisco ao açude de Boqueirão. "Tudo estava dentro da previsão do Governo do Estado, desde a chegada das águas do São Francisco até o açude de Boqueirão. Nós sabemos que se essa água não chegasse em agosto deste ano, essa região entraria em um caos. Houve um esforço muito grande do Ministério da Integração, do Governo do Estado, do Dnocs e nós conseguimos fazer com que essa água saísse de Monteiro e chegasse em Boqueirão em menos de 45 dias e isso permitiu que nós chegássemos a esta ação de hoje", adiantou.

Muitas pessoas serão impactadas com o fim do racionamento nos municípios de  Campina Grande, Lagoa Seca, São Sebastião de Lagoa de Roça, Pocinhos, Queimadas, Barra de Santana, Caturité, Boqueirão, Boa Vista, Soledade, Cabaceiras, Juazeirinho, Cubati, Pedra Lavrada, Olivedos, São Vicente do Seridó, além dos distritos de Seridó, Galante e São da Mata.

O presidente da Cagepa, Hélio Cunha Lima, destacou que, mesmo com o fim do racionamento, a população deverá fazer o uso consciente da água. "A população de Campina deve comemorar bastante a partir de agora. O fim do racionamento é um marco para toda essa região. Devemos lembrar, no entanto, que a população tem que economizar para que não venha trazer problemas futuros", destacou.

O sistema Cariri e o sistema que atende por outras adutoras que saem de Boqueirão, como a de Pocinhos, São José da Mata, e toda a região, até Soledade, também estão nesse mesmo processo e a partir do dia 26 terão bombeamento de água - Secom-PB.

Portal Carlos Magno


VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas






 


 


 
Política, bastidores da campanha, atuação jornalística: veja entrevista de Carlos Magno ao Ponto a Ponto da TV Itararé
 

 

.......................................................


www.carlosmagno.com.br

             Jornalista
 Apresentador
 Comentartista Pol?ico
 Cel. (83) 98720-7870
 e-mail:
contato@carlosmagno.com.br
 Facebook: www.facebook/jornalistacarlosmagno
 Twitter: @magnopb
 Instagran: @jornalistacarlosmagno