PÁGINA INICIAL  |  BIOGRAFIA  |  GERAL  |  POLÍTICA  |  RELIGIÃO |  POLICIAL  | ARQUIVO DE NOTÍCIAS  | CONTATO
 




27/08/2017

Polícia já sabe em detalhes o que aconteceu nos momentos que antecederam a morte do Padre Pedro Gomes Bezerra. Veja


A Polícia Militar já tem relatos detalhados sobre o que aconteceu momentos antes do Padre Pedro Gomes Bezerra ser morto com 29 perfurações, na cidade de Borborema. Os relatos estão contribuindo para que a polícia chegue ao autor do crime. O religioso foi encontrado morto com feridas de esfaqueamento dentro da casa paroquial da Igreja Matriz Nossa Senhora do Carmo na manhã de quinta-feira, 24.

O padre Pedro Gomes Bezerra tinha 49 anos. Segundo a perícia, ele sofreu ao menos 29 ferimentos com faca, além de apresentar hematomas em diversas partes do corpo, de acordo com o delegado seccional Diógenes Fernandes, do município de Solânea.



Veja os relatos sobre o crime:

A principal hipótese da polícia é que a vítima conhecia o autor do crime, pois vizinhos relataram ter escutado "conversas amistosas" na residência do padre por volta das 22 horas de quarta-feira, 23. Cerca de 30 minutos depois, a conversa teria encerrado, momento em que foram ouvidos barulhos de móveis caindo e sendo arrastados. Além disso, segundo o delegado, análises preliminares no local do crime não encontraram indícios de arrombamento na porta, o que indicaria que não foi premeditado.

De acordo com Fernandes, a primeira linha de investigação indica que o assassinato ocorreu após algum tipo de "desentendimento", seguido de uma luta, na qual o autor do crime teria utilizado uma faca de serra do próprio padre para atingi-lo repetidas vezes.

Ainda segundo o delegado, não há relatos de gritos ou pedidos de socorro naquela noite. Além disso, os objetos de valor e o dinheiro da arrecadação paroquial não foram levados, de acordo com os valores registrados no caderno paroquial de contabilidade. O veículo do sacerdote foi utilizado, contudo, para a fuga, sendo abandonado a cerca de 20 quilômetros do local, em Solânea.

Sepultamento

O padre foi enterrado às 16 horas desta sexta-feira, 25, no Cemitério Bom Jesus, em Guarabira, de acordo com informações da Diocese de Guarabira. Na quinta-feira, ele foi velado na Igreja Matriz Nossa Senhora do Carmo, de Borborema, e na Paróquia da Sagrada Família, de Belém, na Paraíba.

O sacerdote estava à frente da Área Pastoral da Paróquia Nossa Senhora do Carmo. Ele completaria 50 anos na próxima quarta-feira, 30. "Embora enlutados, permaneçamos unidos em oração professando a nossa fé na ressurreição dos mortos. E que o Senhor conceda ao Pe. Pedro Gomes o descanso eterno", escreveu a Diocese em nota.

Na quinta-feira, 24, a prefeita de Belém, na Paraíba, Renata Christinne (PMDB), decretou luto oficial de três dias e ponto facultativo em órgãos e entidades componentes da Administração Pública do Município nesta sexta-feira. O padre foi administrador da Paróquia Sagrada Família, de Belém, entre 1999 e 2007, "deixando um importante legado de fé e de obras sociais, como o Abrigo de Idosos Bom Pastor", diz o Município em nota - Carlos Magno, com informações do Estadão.

Portal Carlos Magno


VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas






 


 


 
Política, bastidores da campanha, atuação jornalística: veja entrevista de Carlos Magno ao Ponto a Ponto da TV Itararé
 

 

.......................................................


www.carlosmagno.com.br

             Jornalista
 Apresentador
 Comentartista Pol?ico
 Cel. (83) 98720-7870
 e-mail:
contato@carlosmagno.com.br
 Facebook: www.facebook/jornalistacarlosmagno
 Twitter: @magnopb
 Instagran: @jornalistacarlosmagno