PÁGINA INICIAL  |  BIOGRAFIA  |  GERAL  |  POLÍTICA  |  RELIGIÃO |  POLICIAL  | ARQUIVO DE NOTÍCIAS  | CONTATO
 




06/09/2017

Polícia da Paraíba desarticula quadrilha e apreende mais de 200 kg de super maconha, avaliados em mais de R$ 1 milhão


A Polícia Civil da Paraíba, por meio de um trabalho investigativo da Delegacia de Repressão a Entorpecentes de Campina Grande (DRE), apreendeu, durante a Operação Cartel, 200 quilos de skank, uma espécie de super maconha, desarticulando, desta forma, uma organização criminosa que atuava na região do Agreste paraibano. A droga, oriunda do estado do Mato Grosso, era cultivada em laboratório e seria distribuída nos municípios de Campina Grande e João Pessoa.

De acordo com o delegado Ramirez São Pedro, trata-se da maior apreensão realizada no ano de 2017 no município de Campina Grande. A droga está avaliada em aproximadamente R$ 1 milhão, já que se trata de skank, um tipo de ?super maconha? cultivada em laboratórios, com efeitos mais potencializados. Durante a ação policial, foram presas cinco pessoas suspeitas de integrarem a organização criminosa, dentre elas dois foragidos da Justiça. Os suspeitos são naturais dos estados do Mato Grosso, Ceará, Rio Grande do Norte e Paraíba.



A prisão foi realizada após quatro meses de minuciosas investigações da equipe de inteligência policial da DRE de Campina Grande. Ainda na ação, foram apreendidos três veículos: um caminhão, um Corola e um Saveiro que foi roubado no estado da Bahia. Segundo informações policiais, a droga estava escondida num compartimento secreto do caminhão, que foi seguido pela Polícia, próximo à Cajazeiras, Sertão da Paraíba, até a cidade de Campina Grande, quando, na ocasião, foi interceptado pelos policias que localizaram a droga e apreenderam o veículo, que foi conduzido para a Central de Polícia.

Segundo as informações policiais, esse mesmo grupo seria responsável pela atuação do tráfico de droga na cidade de São Miguel de Taipu, quando, no último dia 9 de agosto deste ano, a Delegacia de Entorpecentes localizou e apreendeu mais de 30 kg de maconha e crack. O entorpecente foi localizado num veículo na BR-230, próximo aquele município, conduzido por Jeilson Pereira, que foi preso pela equipe policial. Ainda foi apreendida uma balança de precisão.

Os suspeitos foram encaminhados para a Central de Polícia de Campina Grande, onde serão ouvidos na sede da DRE e em seguida ficarão à disposição da Justiça, submetidos à audiência de custódia. As autoridades policiais estarão à disposição para outros esclarecimentos durante toda manhã desta terça-feira (5), na sede da Delegacia de Repressão a Entorpecentes, na Central de Polícia Civil, localizada no bairro do Catolé, em Campina Grande - Secom-PB.

Portal Carlos Magno


VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas






 


 


 
Política, bastidores da campanha, atuação jornalística: veja entrevista de Carlos Magno ao Ponto a Ponto da TV Itararé
 

 

.......................................................


www.carlosmagno.com.br

             Jornalista
 Apresentador
 Comentartista Pol?ico
 Cel. (83) 98720-7870
 e-mail:
contato@carlosmagno.com.br
 Facebook: www.facebook/jornalistacarlosmagno
 Twitter: @magnopb
 Instagran: @jornalistacarlosmagno