PÁGINA INICIAL  |  BIOGRAFIA  |  GERAL  |  POLÍTICA  |  RELIGIÃO |  POLICIAL  | ARQUIVO DE NOTÍCIAS  | CONTATO
 




07/09/2017

Governo envia documentos à Justiça Federal com dados técnicos da viabilidade do fim do racionamento em Campina Grande


O Governo do Estado está encaminhando à Justiça Federal da Paraíba documentos atestando, por meio de dados técnicos, que a cidade de Campina Grande e região têm a capacidade de ficar livre do racionamento de água.

De acordo com os dados, após cerca de 10 dias que Campina Grande e mais 18 cidades saíram do racionamento. Mesmo com a retirada de 1.300 l/s de água e a evaporação natural, além do que foi utilizado pelo pequeno agricultor, o açude Epitácio Pessoa, em Boqueirão, conseguiu acumular volume de 500 mil m³, totalizando 2,77 milhões de m³ no mês de agosto.



O secretário da Infraestrutura, dos Recursos Hídricos, do Meio Ambiente, da Ciência e Tecnologia, João Azevêdo, destaca que a vazão que sai hoje do São Francisco não apresenta prejuízo para o rio.

"No ponto de captação do Eixo Leste, que é a barragem de Itaparica (PE), estão acumulados hoje 7,8 bilhões de m³ e isso é o dobro do que possui todas as 122 barragens que nós monitoramos no estado da Paraíba através da Aesa. A vazão que entra hoje em Itaparica e sai do outro lado é de 515 m³/s e nós estamos tirando hoje 4,5 m³/s, podendo chegar a 9m³. Então não pesa absolutamente nada para o Rio São Francisco", explicou.

Considerando a vazão atual que chega ao portal de Monteiro, que nessa terça-feira (5) era de 3,37 m3/s, e com o sistema sem racionamento, o aporte é de 65.971 m³, que sobra de todos os usos, o que representa um aporte mensal de no mínimo 1.979.139 m³.

Além disso, é esperado, de acordo com informações do Ministério da Integração Nacional, que a vazão de chegada à Paraíba deverá aumentar para valores próximos ao entregue no início da operação, que é de 6,8 m3/s.

O documento apresenta ainda diversas simulações técnicas mostrando que nos cenários esperados para a evolução do nível do Açude Epitácio Pessoa há garantia hídrica de um aporte contínuo, e assim, torna-se executável e sólido o fim do racionamento, trazendo benefícios diretos a todo o sistema de abastecimento que dependem do referido manancial.

O fim do racionamento em Campina Grande e mais 18 cidades da região foi autorizado pela Agência Nacional de Águas (ANA) em julho deste ano, recomendando a retirada de 1.300 l/s de Boqueirão, mas o Governo do Estado esperou um pouco mais para que a o açude de Boqueirão saísse do volume morto, atingindo 8,2% de sua capacidade - Secom-PB.

Portal Carlos Magno


VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas






 


 


 
Política, bastidores da campanha, atuação jornalística: veja entrevista de Carlos Magno ao Ponto a Ponto da TV Itararé
 

 

.......................................................


www.carlosmagno.com.br

             Jornalista
 Apresentador
 Comentartista Pol?ico
 Cel. (83) 98720-7870
 e-mail:
contato@carlosmagno.com.br
 Facebook: www.facebook/jornalistacarlosmagno
 Twitter: @magnopb
 Instagran: @jornalistacarlosmagno