PÁGINA INICIAL  |  BIOGRAFIA  |  GERAL  |  POLÍTICA  |  RELIGIÃO |  POLICIAL  | ARQUIVO DE NOTÍCIAS  | CONTATO
 




17/09/2017

IPC da Paraíba é certificado pela ONU por 100% de precisão em exames realizados pelo Laboratório de Drogas


O Laboratório de Análises de Drogas do Instituto de Polícia Científica da Paraíba (IPC) recebeu pela segunda vez a certificação de 100% de exatidão nos exames técnicos relacionados às amostras de entorpecentes. O resultado faz parte de uma pesquisa de proficiência em análise desse tipo de material, realizado pelo Escritório de Drogas e Crimes das Nações Unidas (UNODC/ONU).

O Programa de Garantia da Qualidade Internacional realiza anualmente esse teste de proficiência com a participação de laboratórios de drogas em vários países do mundo. Para participar, os laboratórios precisam atestar capacidade técnica para a realização das análises e ter o registro aprovado no programa.



Anualmente, o programa envia quatro amostras de materiais para análises de drogas pelos laboratórios habilitados. No Brasil, além da Paraíba, participaram laboratórios credenciados dos estados de São Paulo, Santa Catarina, Espírito Santo, Minas Gerais e Distrito Federal.

Segundo o gerente técnico do Laboratório de Drogas do IPC, o perito Rony Anderson, as amostras foram despachadas para a Paraíba da sede da UNODC, em Viena, na Áustria, e entre o recebimento das amostras e liberação do resultado para a ONU foram necessários apenas 15 dias. "O Laboratório do IPC aqui na Paraíba obteve, pela segunda vez, 100% de acerto nas análises das amostras recebidas. Acertamos as drogas que estavam presentes nas amostras, inclusive apontamos uma que não continha nenhuma droga e uma com uma nova droga psicoativa, o MDPV", revelou.

O Programa permite que os laboratórios certificados pela ONU possuam confiabilidade na qualidade das análises de drogas, e, também, nivela a partir de critérios de qualidade laboratórios nacionais e internacionais.  Rony Anderson ainda ressalta que a participação no Programa de Garantia da Qualidade da UNODC é importante pela doação de padrões de referência de drogas. "Recebemos orientações, insumos e materiais para a análise que teriam alto custo e seriam de difícil aquisição pela legislação sanitária do Brasil", finalizou - Secom-PB.

Portal Carlos Magno


VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas






 


 


 
Política, bastidores da campanha, atuação jornalística: veja entrevista de Carlos Magno ao Ponto a Ponto da TV Itararé
 

 

.......................................................


www.carlosmagno.com.br

             Jornalista
 Apresentador
 Comentartista Pol?ico
 Cel. (83) 98720-7870
 e-mail:
contato@carlosmagno.com.br
 Facebook: www.facebook/jornalistacarlosmagno
 Twitter: @magnopb
 Instagran: @jornalistacarlosmagno