PÁGINA INICIAL  |  BIOGRAFIA  |  GERAL  |  POLÍTICA  |  RELIGIÃO |  POLICIAL  | ARQUIVO DE NOTÍCIAS  | CONTATO
 




03/10/2017

Funcionário de escola é acusado de estuprar oito alunas entre 8 e 9 anos. Ele ameaçava as meninas para não ser denunciado


A Delegacia Especializa em proteção à Criança e ao Adolescente (Depca) instaurou um inquérito policial para apurar uma denúncia de que oito meninas com idade entre 8 e 9 anos de idade estavam sendo vítimas do crime de estupro de vulnerável presumido. Elas são alunas de uma escola municipal da Zona Oeste de Manaus e o suspeito é um funcionário da instituição de ensino.

A investigação teve início na última quinta-feira (28). No dia seguinte, as meninas foram ao Instituto Médico Legal (IML) passar por exame de corpo de delito e de conjunção carnal. O resultado deve sair nesta semana.



De acordo com a denúncia, o suspeito era contratado como serviços gerais e auxiliava em algumas atividades da escola. Ele acompanhava as crianças na saída da sala de aula até a quadra de esporte. A denúncia afirma que o homem separava as meninas dos meninos e, no momento que as conduzia para a quadra, aproveitava para passar a mão nas partes íntimas das garotas.

Para garantir que elas não o denunciariam, o homem ameaçava maltratá-las e castigá-las. Algumas meninas chegaram a apresentar problemas, como ter dificuldades para dormir.

A delegada titular da Depca, Juliana Tuma, explicou que ainda não é possível dar mais informações sobre o caso devido às investigações estarem começando. A primeira medida tomada por ela foi encaminhá-las ao IML.

Por volta de 11h da última sexta (29), as meninas chegaram ao IML acompanhadas por mães, avós, tias e a diretora da escola, que não quis falar sobre o caso e ainda orientou as familiares a ficarem caladas. Elas não escondiam a revolta e pediam pela prisão do suspeito - A Crítica.

Portal Carlos Magno


VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas






 


 


 
Política, bastidores da campanha, atuação jornalística: veja entrevista de Carlos Magno ao Ponto a Ponto da TV Itararé
 

 

.......................................................


www.carlosmagno.com.br

             Jornalista
 Apresentador
 Comentartista Pol?ico
 Cel. (83) 98720-7870
 e-mail:
contato@carlosmagno.com.br
 Facebook: www.facebook/jornalistacarlosmagno
 Twitter: @magnopb
 Instagran: @jornalistacarlosmagno