PÁGINA INICIAL  |  BIOGRAFIA  |  GERAL  |  POLÍTICA  |  RELIGIÃO |  POLICIAL  | ARQUIVO DE NOTÍCIAS  | CONTATO
 




04/11/2017

Quadrilha usava carros para arrombar lojas na Paraíba e combinava os crimes dentro de um cemitério de Campina Grande


A Polícia Militar desarticulou uma quadrilha que vinha praticando arrombamentos a lojas do comércio de pelo menos cinco cidades paraibanas, utilizando um carro para destruir as portas dos estabelecimentos dando marcha ré nos veículos. A prisão do líder da quadrilha, um suspeito de 18 anos, aconteceu após o grupo arrombar uma loja de grife masculina, na madrugada desta sexta-feira (3), no centro da cidade Sapé.

De acordo com o comandante da 3ª Companhia do 7º Batalhão, capitão José Targino, o grupo é de Campina Grande e costumava se reunir em um cemitério para planejar as ações criminosas. "O bando é composto por três suspeitos, dos quais já prendemos um, que era o líder da quadrilha, e eles são do bairro do Monte Santo, em Campina Grande".



Segundo o comandante, o preso revelou que a quadrilha usava o cemitério do bairro do Monte Santo como uma espécie de escritório do crime. "Era onde eles planejavam o roubo de carros para, com esses veículos, praticar os arrombamentos nas lojas, dando macha ré para danificar a porta dos estabelecimentos e depois pegar várias mercadorias", disse.

Ainda segundo o capitão, no arrombamento da madrugada desta sexta-feira eles estavam em dois carros. "O que foi preso estava em um carro que foi roubado no dia 27 de outubro, em frente a um restaurante de Campina Grande. Os outros dois suspeitos estavam em outro veículo, também roubado em Campina Grande".

"Após arrombarem a loja em Sapé, as guarnições montaram um cerco e na fuga eles se dividiram, mas o carro que era onde estavam as mercadorias furtadas e o líder do bando, foi alcançado e o suspeito preso", completou, ao informar que os acusados que conseguiram fugir já foram identificados.

O grupo é suspeito de arrombar, na madrugada do último sábado (28), no centro da cidade de Itabaiana, uma loja da mesma marca da que foi alvo nesta madrugada em Sapé, usando a mesma forma de agir, inclusive, segundo testemunhas, o carro usado na ação foi o mesmo que foi apreendido. Além das duas cidades (Sapé e Itabaiana), eles teriam atuado com este tipo de crime nos comércios de Campina Grande, Alagoa Grande e Esperança.

O preso foi apresentado na Delegacia de Polícia Civil, em Sapé. No carro, foram recuperadas várias peças de roupas. A polícia vai investigar o destino das roupas que eles furtavam nas ações - Secom-PB.

Portal Carlos Magno


VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas






 


 


 
Política, bastidores da campanha, atuação jornalística: veja entrevista de Carlos Magno ao Ponto a Ponto da TV Itararé
 

 

.......................................................


www.carlosmagno.com.br

             Jornalista
 Apresentador
 Comentartista Pol?ico
 Cel. (83) 98720-7870
 e-mail:
contato@carlosmagno.com.br
 Facebook: www.facebook/jornalistacarlosmagno
 Twitter: @magnopb
 Instagran: @jornalistacarlosmagno