PÁGINA INICIAL  |  BIOGRAFIA  |  GERAL  |  POLÍTICA  |  RELIGIÃO |  POLICIAL  | ARQUIVO DE NOTÍCIAS  | CONTATO
 




15/11/2017

Caravana TransParaíba: Ricardo percorre cidades do Curimataú e autoriza início da obra da adutora


O governador Ricardo Coutinho prosseguiu com a Caravana TransParaíba, na tarde e noite desta terça-feira (14), percorrendo sete cidades do Curimataú e assinando a ordem de serviço deste Sistema Adutor que vai levar as águas do Rio São Francisco do açude Epitácio Pessoa (Boqueirão) para cerca de 150 mil habitantes de 19 cidades.

À tarde, o governador, acompanhado por prefeitos da região, deputados estaduais, vereadores e auxiliares do Governo, esteve nas cidades de Cubati e Sossego.



Em Cubati e Sossego, Ricardo Coutinho reafirmou que a TransParaíba é a maior obra hídrica realizada pelo Governo com recursos do Tesouro Estadual e vai mudar a realidade do Curimataú.

"Quando as águas chegarem através da adutora TransParaíba, o Estado vai viver um novo momento. Já implantamos quase 1.400 km de adutoras, uma importante marca dessa gestão que trabalha por todas as regiões. A regularização da água vai fortalecer as cidades e aquecer a economia do Curimataú e Seridó", observou o governador.

O governador ainda ressaltou que essa obra tem uma relevância enorme, não só para as cidades beneficiadas, mas para toda a Paraíba. "Esse é o momento de afirmação de que este Estado está trilhando o caminho correto. Queremos adiantar a construção da obra para que o povo possa ter água nas torneiras e mais condições de desenvolvimento. A primeira etapa da TransParaíba deve ser concluída em cerca de um ano", comentou.



Em Cubati, Ricardo Coutinho agradeceu pelo Título de Cidadão que recebeu: "Este Título representa uma responsabilidade enorme e prometo continuar colocando essa cidade nos horizontes das minhas preocupações".

O Sistema Adutor do Curimataú contará com 350 km de adutoras que captarão a água do açude Boqueirão para abastecer as cidades de Boa Vista, Soledade, Boqueirão, São Vicente do Seridó, Cubati, Sossego, Baraúna, Picuí e Frei Martinho (1ª etapa); e Juazeirinho, Olivedos, Pedra Lavrada, Nova Palmeira, Cuité, Nova Floresta, Barra de Santa Rosa, Damião, Cacimba de Dentro e Araruna (2ª etapa).

A TransParaíba também terá uma estação de tratamento e 21 estações de bombeamento. Na primeira etapa da obra serão investidos cerca de R$ 197 milhões, enquanto na segunda etapa do sistema adutor, o investimento será de R$ 132 milhões, totalizando R$ 329 milhões com recursos do Tesouro Estadual.



O secretário de Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia, João Azevêdo, lembrou que a obra faz parte do programa Mais Trabalho e vai promover uma grande transformação no Curimataú. "A TransParaíba foi pensada por um bom tempo, planejamos, separamos recursos e agora ela vai ter início. É uma obra que integra o Mais Trabalho, programa que está levando ações por todas as regiões. A TransParaíba é muito mais que uma estrutura de tubos interligados, trata-se de uma obra que promove a mudança de vida e a evolução das cidades", afirmou.

"Esta é a obra mais importante do século na área hídrica para a nossa região. O Curimataú e o Seridó são as áreas mais críticas em relação ao abastecimento de água e com a TransParaíba a realidade será transformada. É um motivo de muito orgulho ver que essa obra está começando e vai, em breve, saciar a sede do povo", disse o secretário de Desenvolvimento e Articulação Municipal, Buba Germano.

Para o prefeito de Cubati, Dudu Dantas, participar da caravana que marca o início das obras da TransParaíba é uma grande satisfação. "Cerca de 150 mil pessoas terão água todos os dias nas residências, graças a essa obra. É uma felicidade ter esse líquido precioso. Parabenizo o governador pela iniciativa de fazer a TransParaíba", concluiu.



O sentimento de gratidão também está presente nas palavras da prefeita de Sossego, Neide Lima. "Isso é uma conquista de todos que sempre lutaram para ter água frequente e com qualidade. Agradeço por tudo que o Governo já fez em Sossego, em especial, pela TransParaíba. Essa obra vai acabar com a falta de água na região", frisou.

"Vai ser uma maravilha quando a água chegar. Todos os dias enfrento muitas dificuldades por causa da falta de água, mas com essa obra que o governador veio autorizar, as coisas vão mudar. Sonho com o dia que não terei que me preocupar porque estou sem água", falou a moradora de Sossego, Ana Rosa - Secom-PB.

Portal Carlos Magno


VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas






 


 


 
Política, bastidores da campanha, atuação jornalística: veja entrevista de Carlos Magno ao Ponto a Ponto da TV Itararé
 

 

.......................................................


www.carlosmagno.com.br

             Jornalista
 Apresentador
 Comentartista Pol?ico
 Cel. (83) 98720-7870
 e-mail:
contato@carlosmagno.com.br
 Facebook: www.facebook/jornalistacarlosmagno
 Twitter: @magnopb
 Instagran: @jornalistacarlosmagno