....
....

22/12/2017

Verão já começou e previsão aponta temperaturas que podem chegar a 38ºC na Paraíba, diz Aesa


A estação mais quente do ano começou exatamente às 13 horas e 28 minutos desta quinta-feira (21) no Hemisfério Sul. Aqui na Paraíba, segundo a Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado (Aesa), durante o verão os termômetros oscilarão entre 19ºC e 38ºC. Além do tradicional aumento da temperatura, a nova estação tem dias mais longos que as noites por causa do maior tempo de luminosidade.

A temperatura mais alta é esperada no Sertão, durante os inícios das tardes. Já a mínima deve ser registrada durante as madrugas na região do Cariri. "No litoral paraibano, os valores extremos devem oscilar entre a mínima de 21ºC e a máxima de 32ºC", explicou a meteorologista da Aesa, Carmem Becker.



O início do verão é considerado a pré-estação das chuvas no Sertão. Isso porque o período de fevereiro a maio é o mais chuvoso nesta região. "As condições meteorológicas mostram uma tendência de favorecimento a ocorrência de chuvas. No final ano passado, nós tínhamos o fenômeno El Niño atuando e indicando a possibilidade de precipitações abaixo da média, mas hoje nós estamos com o fenômeno La Niña atuando com baixa intensidade, mas favorecendo a ocorrência de chuvas dentro da média", observou Marle Bandeira, outra meteorologista da Aesa.

Raios UV

A incidência de raios ultravioletas na Paraíba é classificada como extrema durante boa parte do ano e no verão ela se intensifica. Numa escala que vai de 1 a 16, a maioria dos municípios paraibanos devem ter índices acima de 12 neste período. "O aumento dos raios UV nesta época do ano é normal, principalmente em dias sem nuvens, quando a incidência direta desta radiação sobre as pessoas vai ser maior. Por isto é importante se proteger do sol", alertou Bandeira.

Além dos níveis de incidência dos raios ultravioleta, a Aesa monitora informações sobre clima, solo e quantidade de água nos principais açudes do estado. Os técnicos trabalham em sistema de plantão no Centro de Gestão de Situações Críticas do Governo do Estado, também conhecido como Sala de Situação, acompanhando em tempo real os dados enviados por estações meteorológicas que informam a variação climática de forma ininterrupta. Estes dados estão disponíveis no site da Aesa (Para acessar, CLIQUE AQUI) - Secom-PB.

Portal Carlos Magno


VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas