....
....

29/12/2017

DENÚNCIA: Médicos do Isea, em Campina Grande, estão sem receber adicional de produtividade desde outubro


Médicos que atuam no Instituto de Saúde Elpídio de Almeida (Isea) denunciaram ao Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais do Agreste e da Borborema (Sintab), que estão sem receber o adicional de produtividade desde o mês de outubro. Conforme as denúncias que chegaram até a direção do Sintab, a Secretaria de Saúde teria alegado aos profissionais que não há recursos disponíveis para o pagamento do benefício, ou seja, não há previsão para regularizar a situação.

Ainda de acordo com os relatos, muito prestadores contratados já pediram demissão e os servidores efetivos estão tendo que cobrir a escala para não deixar o serviço sem atendimento.





"Todos os médicos estão trabalhando sem estímulo, pois além de estarem atendendo a uma demanda muito elevada de pacientes, estão tendo que dobrar ou triplicar a sua carga horária e não estão recebendo os seus rendimentos. Muitos estão pensando em pedir licença-prêmio ou licença sem vencimento, o que pode piorar ainda mais a situação do Isea", diz um (a) profissional, que terá sua identidade preservada.

Outra revelação é de que os médicos que possuem dois vínculos só receberam o 13º referente a um deles, além disso, o salário nunca é depositado dentro do mês trabalhado, mas somente após o dia 12 do mês subsequente. O Sintab informa que irá investigar a situação e caso as denúncias sejam comprovadas, tomará todas as providências cabíveis, incluindo as judiciais - Assessoria.

Portal Carlos Magno


VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas