....
....

29/12/2017

Criminosos mascarados invadem velório de jovem, retiram caixão e ateiam fogo no meio da rua


Homens mascarados invadiram um velório que ocorria na noite da última terça-feira (26) no bairro Sapiranga-Coité, em Fortaleza, e incendiaram o corpo de um jovem de 22 anos que havia sido morto no dia de Natal, celebrado na segunda-feira (25). Ainda não há informações se os criminosos estão relacionados ao assassinato investigado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da capital do Ceará.

Nas redes sociais, circulam imagens registradas pelo bando que, segundo os investigadores, seria de uma facção criminosa que pratica tráfico de drogas na cidade. O vídeo mostra o momento em que foi efetuado o crime de vilipêndio de cadáver. A DHPP explicou que é possível que a investigação da segunda ação contra o jovem continue sob sua competência caso seja comprovada a relação entre o homicídio e a invasão ao velório. No entanto, caso não haja essa ligação, o caso deve ficar a cargo da delegacia da área onde ocorria o velório.



A delegacia informou ainda que as imagens divulgadas pelos bandidos podem, inclusive, auxiliar nas investigações do homicídio de Anderson da Silva, que completou 22 anos na quarta-feira da semana passada. Ele foi morto na Travessa Rosana, no bairro Edson Queiroz, também em Fortaleza. O jovem respondia por um crime cometido em 2014. Não há informações sobre outros antecedentes. Foi preciso realizar uma nova perícia no corpo, segundo a Polícia Civil. Acredita-se que a motivação do assassinato tenha sido a disputa pelo tráfico de drogas em Fortaleza.

De acordo com o delegado plantonista no 26º Distrito Policial, essa não foi a primeira vez que criminosos invadiram um velório que acontecia na cidade com o intuito de incendiarem o corpo. Ele recordou um caso ocorrido há poucos anos quando bandidos interceptaram um corpo numa estrada para cometerem o mesmo crime - Extra.

Portal Carlos Magno


VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas