PÁGINA INICIAL  |  BIOGRAFIA  |  GERAL  |  POLÍTICA  |  RELIGIÃO |  POLICIAL  | ARQUIVO DE NOTÍCIAS  | CONTATO
 




05/01/2018

Homem confessa que armou para a namorada, uma estudante de 24 anos, ser presa com drogas, mas que fez tudo por amor


O homem de 49 anos que foi preso em Rolante, cidade da Região Metropolitana de Porto Alegre, por suspeita de armar um flagrante de tráfico de drogas contra a ex-namorada, confessou o ato em um áudio enviado à amiga da mulher, pelo celular.

"O culpado de tudo sou eu, tá? Eu vou me apresentar lá e esse áudio pode entregar para o senhor doutor juiz que eu estou assumindo a culpa, porque fiz isso tudo por amor. Só amor. Nunca prejudiquei ela em nada", diz ele. "Eu queria fazer essa ladaia toda e depois ir lá e salvar ela".

O homem foi preso recentemente, mas o crime ocorreu há mais de um mês. Conforme a Polícia Civil, ele escondeu drogas no carro da estudante e fez uma denúncia anônima para a Brigada Militar, no dia 20 de novembro, dizendo que a mulher estava vendendo drogas em frente a sede de uma faculdade, no Centro de Taquara, na mesma região.



A jovem de 24 anos, que pediu para não ser identificada, chegou a ser presa na ocasião, mas foi liberada no dia seguinte. Ao G1, ela disse ter medo do ex, mas que não imaginou que ele estaria por trás da situação.

O delegado Ivair Matos, responsável pelo caso, explicou que logo que as investigações, houve a suspeita de que ela tivesse sido vítima de uma armação.

"Ela havia terminado com ele, e ele queria reconquistá-la a qualquer custo. Ele achava que, depois que ela fosse presa poderia pagar advogado e fazer com que ela saísse da cadeia para virar herói", conta o delegado.

Depois de descobrir que havia sido o homem que tinha comprado a droga e colocado no carro da estudante, a polícia apurou que ele ainda tentava denegrir a imagem da vítima no local onde ela trabalha, mandando mensagens difamatórias.

O objetivo, segundo Matos, era que a universitária fosse demitida e dependesse da ajuda do ex. A mulher realmente perdeu o emprego.

No áudio, o homem confirma que ia oferecer ajuda para pagar um advogado para a ex. "Eu ia vender meu carro pra salvar ela para provar para o mundo que eu amo ela. Eu ia fazer mais uma loucura, e acabei fazendo a maior m*", admite o homem.

Com isso, a polícia indiciou o homem pelos crimes de tráfico de drogas, denunciação caluniosa, ameaça, injúria e difamação - G1.

Portal Carlos Magno


VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas






 


 


 
Política, bastidores da campanha, atuação jornalística: veja entrevista de Carlos Magno ao Ponto a Ponto da TV Itararé
 

 

.......................................................


www.carlosmagno.com.br

             Jornalista
 Apresentador
 Comentartista Pol?ico
 Cel. (83) 98720-7870
 e-mail:
contato@carlosmagno.com.br
 Facebook: www.facebook/jornalistacarlosmagno
 Twitter: @magnopb
 Instagran: @jornalistacarlosmagno