PÁGINA INICIAL  |  BIOGRAFIA  |  GERAL  |  POLÍTICA  |  RELIGIÃO |  POLICIAL  | ARQUIVO DE NOTÍCIAS  | CONTATO
 




07/01/2018

Fotógrafo autor da foto mais comentada do Réveillon de Copacabana reencontra garoto e conhece sua mãe


O fotógrafo Lucas Landau diz ter encontrado o garoto que ele retratou em uma imagem do Réveillon de Copacabana que viralizou na internet. Na foto, um garoto aparece sozinho, com parte das pernas imersa na água e expressão maravilhada diante dos fogos de artifício - ao fundo, mais perto da areia, uma multidão se aglomera tirando fotos e trocando cumprimentos.

"Eu o conheci cinco dias depois da nossa vida ter mudado. Conheci também sua mãe", escreveu o fotógrafo em uma publicação em seu perfil no Facebook, neste sábado (06). "Foi um encontro emocionante em que pudemos criar nossos vínculos, finalmente. Escolhemos manter esse momento privado, assim como a nossa relação. Pedimos que as pessoas e a imprensa compreendam e nos respeitem", continuou.



Landau também agradeceu as mensagens carinhosas e as críticas que recebeu após a foto ter viralizado - nas redes sociais, algumas pessoas chegaram a questionar o fato de que o fotógrafo provavelmente não havia obtido autorização dos pais da criança antes de divulgar a imagem. "E agradeço as críticas, pois me fazem refletir e me ensinam constantemente. Um 2018 de muitos aprendizados e de muita arte que gere debate."

No post, ele diz que foi contratado para fotografar a virada em Copacabana e que acabou se deparando com o garoto. "Nos 17 minutos que tive para compor essa história, aconteceu de encontrar uma criança deslumbrada, assistindo ao espetáculo. A pureza dos seus gestos e o encantamento no seu olhar me tocaram", afirmou.

"A foto de uma criança vidrada nos fogos foi compartilhada, a partir das minhas redes sociais, na tarde do primeiro dia de 2018, em uma velocidade assustadora. Fico contente de ver a fotografia cumprindo seu papel enquanto arte: levantando discussões, ensinando, questionando, gerando debates que nos fazem evoluir como sociedade."

No dia 1º de janeiro, Landau fez um breve relato sobre o encontro com o menino, de 9 anos. "Ele estava lá, como outras pessoas, encantado. Perguntei a idade (9) e o nome, mas não ouvi por causa do barulho. Como ele estava dentro mar (que estava gelado), acabou ficando distante das pessoas. Não sei se estava sozinho ou com família", disse. "Essa fotografia abre margem para várias interpretações; todas legítimas, a meu ver. Existe uma verdade, mas nem eu sei qual é." - Veja.

Portal Carlos Magno


VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas






 


 


 
Política, bastidores da campanha, atuação jornalística: veja entrevista de Carlos Magno ao Ponto a Ponto da TV Itararé
 

 

.......................................................


www.carlosmagno.com.br

             Jornalista
 Apresentador
 Comentartista Pol?ico
 Cel. (83) 98720-7870
 e-mail:
contato@carlosmagno.com.br
 Facebook: www.facebook/jornalistacarlosmagno
 Twitter: @magnopb
 Instagran: @jornalistacarlosmagno