....
....

19/01/2018

Mulher foi morta a facadas pelo marido enquanto amamentava o filho recém-nascido, na frente do outro filho de 9 anos


Assassinada pelo marido, a jovem Edilene Coelho dos Santos, de 30 anos, estava amamentando o filho recém-nascido quando foi morta, segundo a polícia. A vítima foi assassinada a facadas na quarta-feira (17) em Guarantã do Norte, a 721 km de Cuiabá. O principal suspeito, Ademilson Nunes, ainda não foi preso.

De acordo com a Polícia Civil, Edilene estava com o filho - que nasceu há 22 dias - quando foi atacada pelas costas. O outro filho da vítima, que tem 9 anos de idade, presenciou o crime.

As duas crianças foram recolhidas e estão sob os cuidados do Conselho Tutelar.



O corpo da vítima foi velado na Capela Mortuária e sepultado no cemitério municipal de Guarantã do Norte nesta quinta-feira (18).

Assassinato

A Polícia Civil disse que foi chamada pela Polícia Militar, a respeito de um assassinato na Rua Boa Vista, no Bairro Jardim Vitória. Edilene foi encontrada caída no chão com um golpe de faca nas costas. A arma usada no crime foi deixada ao lado do corpo dela.

A família de Edilene disse à Polícia Civil, conforme consta no boletim de ocorrência, que Ademilson estava em liberdade condicional pelo crime de violência doméstica, já que havia agredido a vítima e o filho dela, de outro casamento.

A mãe de Edilene disse que o genro já havia sido preso por violência doméstica. Ela também contou que antes do bebê nascer, o casal discutia com muita frequência.

O casal chegou a morar em um sítio, onde Ademilson agredia a vítima com frequência. O marido seria muito ciumento e quebrou vários celulares da mulher durante as brigas - G1.

Portal Carlos Magno


VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas