....
....

11/02/2018

Pesquisa de universidade do Japão afirma que componente químico da batata frita do McDonalds pode facilitar cura da calvície


Um estudo conduzido pela Universidade de Yokohama, no Japão, demonstrou que um componente químico das batatas fritas do McDonald's pode facilitar a cura da calvície.

A pesquisa, publicada na revista científica "Biomaterials", relata como o dimetil polissiloxano, conhecido popularmente como óleo de silicone, pode contribuir para a regeneração de folículos capilares - estrutura que abriga a raiz do cabelo.

O experimento foi realizado em ratos e, em poucos dias, os fios já apresentavam regeneração, feita através de 5 mil folículos capilares.



Para o professor da Universidade de Yokohama Junki Fukuda, a descoberta representa um avanço significativo na cura da calvície, principalmente nos homens.

O óleo de silicone é utilizado na fritura das batatas para que elas não espirrem gordura ou formem espuma. O elemento também é usado em lentes de contato, xampus e massas de modelar.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a calvície pode afetar até metade dos homens do planeta até os 50 anos - HuffPost Brasil.

Portal Carlos Magno


VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas