PÁGINA INICIAL  |  BIOGRAFIA  |  GERAL  |  POLÍTICA  |  RELIGIÃO |  POLICIAL  | ARQUIVO DE NOTÍCIAS  | CONTATO
 




08/03/2018

Justiça condena Ambev a pagar indenização por danos morais a consumidor que encontrou objeto metálico dentro de Pepsi


A Ambev foi condenada a pagar 5.000 reais em danos morais para um consumidor que encontrou um material metálico dentro de uma garrafa do refrigerante Pepsi. A decisão da 5ª Vara Cível de Belo Horizonte foi publicada na sexta-feira passada.

O consumidor alegou que foi parar no hospital com náuseas após ingerir a bebida. Ele diz que notou a havia um objeto que aparentava ser um bico dosador dentro do refrigerante.

O homem registrou um boletim de ocorrência e a polícia recolheu a garrafa de Pepsi com o material metálico.



Em sua defesa, a Ambev afirmou que o consumidor não comprovou qualquer dano causado pela ingestão do produto. Segundo a empresa, também não ficou comprovado que a empresa teria agido de maneira ilícita.

Entretanto, o magistrado da ação, Jorge Paulo dos Santos, considerou que a Ambev foi responsável por colocar o produto no mercado e também não provou que o objeto de metal não estava dentro da garrafa.

Ainda segundo o juiz, o consumidor reuniu provas suficientes durante o processo: o boletim de ocorrência, o depoimento das testemunhas e laudo pericial, que identificou o objeto como um tubo metálico de cor prateada, de 8,2 cm de comprimento e 1,1 cm de diâmetro.

"A ingestão de um produto contendo um objeto estranho é suficiente para gerar danos morais. Não se desconhece que, em face de tal fato, em geral, a sensação de nojo, náusea e repugnância é o que acomete o consumidor de imediato, além do indiscutível risco à saúde", registrou o magistrado.

A Ambev ainda pode recorrer da decisão. Procurada por VEJA, a empresa não retornou o contato até a publicação da matéria - Veja.

Portal Carlos Magno


VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas






 


 


 
Política, bastidores da campanha, atuação jornalística: veja entrevista de Carlos Magno ao Ponto a Ponto da TV Itararé
 

 

.......................................................


www.carlosmagno.com.br

             Jornalista
 Apresentador
 Comentartista Pol?ico
 Cel. (83) 98720-7870
 e-mail:
contato@carlosmagno.com.br
 Facebook: www.facebook/jornalistacarlosmagno
 Twitter: @magnopb
 Instagran: @jornalistacarlosmagno