....
....

20/03/2018

Após escapar da polícia, investigado por tráfico de drogas agradece a Deus no facebook: obrigado Deus livramento de hoje


Depois de escapar de um cerco da Polícia Civil de Rio Branco, Maxwel Viana do Nascimento, de 33 anos, fez uma postagem no Facebook no domingo (18). Na mensagem, ele diz que conseguiu fugir do 'inimigo' e agradeceu a Deus. Max, como é conhecido, é investigado por tráfico de drogas e é considerado foragido.

Na casa do rapaz, no bairro Conquista, em Rio Branco, a polícia apreendeu droga, dinheiro, material para preparar e vender entorpecente e eletrodomésticos. O carro usado por ele na fuga foi abandonado e apreendido.



Na mesma ação, o casal Alexandro Pereira de Oliveira, de 38 anos, e Maria Ester Viana de Oliveira, de 33 anos, foi preso. Segundo as investigações, o casal trabalhava para Max.

Na postagem, o suspeito diz que Deus está sempre com ele e não adianta o inimigo tentar derrubá-lo. A publicação foi apagada, mas a equipe da Delegacia de Repreensão a Entorpecentes (DRE) fez o print.

"Deus sempre ta com migo (sic) não adianta o inimigo tenta mim Derrubar (sic) porque uma coisa que Deus saber (sic) e nosso coração e ele saber como eo (sic) meu... obrigado Deus livramento de hoje (sic)".

A polícia contou que na casa do jovem funciona uma distribuidora, que era usada para vender entorpecentes. As investigações apontaram ainda o rapaz é envolvido com uma organização criminosa.

"Estávamos olhando as redes sociais dele e acharam essa postagem, feita depois de fugir. Tinha autorização da organização criminosa que pertence para fazer a venda de droga na região. Ainda estamos atrás dele", contou o coordenador da DRE, delegado Pedro Resende.

Resende explicou que Max chegou em casa no momento em que a polícia se preparava para entrar. Ele não se entregou, dirigiu até o Horto Florestal, em Rio Branco, onde abandonou o carro, e fugiu em um ônibus.

"Fizemos a abordagem no Max, mas ele revidou, teve troca de tiros e conseguiu fugir. A investigação não para, nosso objetivo é prender o Max", afirmou o delegado - G1.

Portal Carlos Magno


VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas