....
....

09/05/2018

Vacinação contra gripe é ampliada para todos os grupos prioritários na Paraíba


A Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio do Núcleo de Imunização, ampliou a vacinação contra a gripe para todos os grupos prioritários da Campanha Nacional de Vacinação contra influenza. As atividades da campanha começaram no dia 23 de abril e seguem até o dia 1º de junho. O Dia D será em Itaporanga, região que sempre atinge a meta de cobertura nas campanhas de vacinação contra a gripe, no próximo sábado (12).

Os grupos prioritários definidos para a Campanha em 2018 são: indivíduos com 60 anos ou mais de idade; crianças na faixa etária de seis meses a menores de cinco anos de idade (quatro anos, 11 meses e 29 dias); as gestantes e as puérperas (até 45 dias após o parto); os trabalhadores de saúde; os povos indígenas; os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais; os adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas; a população privada de liberdade; os funcionários do sistema prisional e os professores das escolas públicas e privadas.



A vacina protege dos três tipos do vírus que circulam no país: A (H1N1, H3n2) e B.

"A vacinação contra influenza é uma das medidas efetivas para a prevenção da influenza grave (Síndrome Respiratória Aguda Grave), com o objetivo de reduzir as complicações, as internações e a mortalidade decorrentes das infecções pelo vírus da influenza, na população-alvo para a vacinação", explicou a chefe do Núcleo de Imunização da SES-PB, Isiane Queiroga.

Cobertura Vacinal

O público-alvo a ser vacinado é de aproximadamente 1.070.000 pessoas e a meta é vacinar 90% deste público. As vacinas, que serão enviadas pelo Ministério da Saúde de maneira fracionada durante os meses de abril, maio e junho, estarão disponíveis nas salas de vacinas nos 223 municípios do estado. Serão distribuídas 1.176.700 doses na Paraíba.

Até o momento, a cobertura vacinal atingiu 10,25% do público-alvo, sendo: 39,62% profissionais de saúde; 22,17% gestantes; 17,83% indígenas; 17,17% puérperas; 6,32% idosos; 5,46% crianças; 5,12% professores.

Influenza

Infecção viral aguda do sistema respiratório, de elevada transmissibilidade e distribuição global. Um indivíduo pode contraí-la várias vezes ao longo da vida. Em geral, tem evolução autolimitada, podendo, contudo, apresentar-se de forma grave - Secom-PB.

Portal Carlos Magno


VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas