....
....

21/06/2018

Aplicativo Artesão PB divulga turismo e incentiva vendas no 28º Salão de Artesanato, em Campina Grande


O Governo do Estado, por meio da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Turismo/Programa do Artesanato da Paraíba (PAP), lançou o aplicativo Artesão PB, que vai ampliar o contato dos artesãos com o público durante a 28ª edição do Salão de Artesanato. O evento ocorre em Campina Grande até o dia 30 deste mês, com o tema Diversidade Cultural.

Entre as funcionalidades do aplicativo, desenvolvido pela equipe do Programa do Artesanato da Paraíba, estão: conhecer cada um dos artesãos que participam do evento; contato direto entre o público e o artesão; encontrar o artesão na busca pela tipologia; e conhecer mais um pouco sobre a história da Paraíba, por meio de várias atrações turísticas, a exemplo do Lajedo de Pai Mateus (Cabaceiras) e do Pôr do sol de Jacaré, em Cabedelo.



A gestora do PAP, Lu Maia, destacou que o aplicativo está disponível apenas para o sistema Android, mas até o fim desta semana estará também disponível para o sistema IOS. "Uma das grandes metas do Governo do Estado é dar visibilidade ao nosso artesão, por sua habilidade e profissionalismo. Esse aplicativo vem se somar a esse esforço, que vem dando resultados muito positivos para o nosso artesanato", completou.

O Artesão PB ficará disponível mesmo depois da realização do 28º Salão do Artesanato, ampliando as possibilidades de vendas após o evento, e poderá ser usado por pessoas de todos os estados brasileiros. "É um instrumento que foi pensado como mais uma plataforma de vendas para o nosso artesão, que vai ter o seu contato e produto disponíveis para o público através do aplicativo", acrescentou Lu Maia.

Obras de Arte

O Salão do Artesanato da Paraíba é um dos eventos mais tradicionais do segmento no País. Em duas edições, sendo a primeira em janeiro e a segunda em junho, o evento leva até o público o que há de mais genuíno na cultura nordestina. Esta edição, por exemplo, conta com o envolvimento de mais de 3,5 mil profissionais, contemplando cooperativas e associações.

As tipologias são uma atração à parte, oferecendo ao público produtos confeccionados com algodão colorido, batik, bordado, arte indígena, brinquedo popular, cerâmica, couro, crochê, escama de peixe e fibra, sem esquecer a renda renascença e a renda labirinto, a grande preferência de turistas e dos próprios paraibanos.



Lu Maia ressalta que a variedade de tipologias é um grande exemplo da evolução do artesanato paraibano. "São muitos os incentivos que o Governo do Estado tem proporcionado ao nosso artesão para que a sua arte evolua, se torne competitiva em meio a outros estados brasileiros, fortalecendo a economia, sem abrir mão da originalidade", concluiu.

As Atrações

De acordo com a programação, até o dia 30 de junho vão se apresentar na praça de alimentação as seguintes atrações: Erika Marques e Banda; Fabiana Santos e Banda; Janício Pereira e Banda; Chagas Fernandes; Dilsinho Medeiros; Gitana Pimentel e Banda; Forró Universitário; Trio Pegada Mansa; Polyana Rezende; Alberto Bakana; Forró Sensação; Felipe Alcântara; Maria Marruá; além do Trio Triângulo de Ouro, que se apresentará todos os dias do evento.

 A 28ª edição do Salão do Artesanato ocorrerá das 14h às 21h, com entrada gratuita e uma vasta programação cultural, desfiles de moda, além de oficinas e palestras. O endereço do evento é a Avenida Brasília (Severino Bezerra Cabral), no bairro de José Pinheiro, Campina Grande - Secom-PB.

Portal Carlos Magno


VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas