....
....

09/07/2018

Jovem mata a namorada recém-formada em Medicina e comete suicídio ao saltar do 16º andar de prédio


Um rapaz de 28 anos matou a namorada de 27 anos na madrugada deste domingo (8). Em seguida, ele cometeu suicídio ao saltar do 16º andar de um condomínio, no Jardim Aurélia, em Campinas (SP), segundo informações da perícia da Polícia Civil.

Rafael Morais Garcia era formado em Educação Física e Marília Camargo Carvalho havia concluído o curso de Medicina pela PUC-Campinas na sexta-feira (6).

De acordo com informações da perícia, o jovem matou a namorada por asfixia no início da madrugada. E, por volta das 6h, ele se jogou do prédio.



Ainda segundo a perícia, foram recolhidos para análise computadores, celulares, documentos e as imagens do circuito-interno do prédio, que mostram o rapaz circulando pelo elevador e corredores durante a madrugada.

Os dois corpos foram retirados do local. O rapaz era de Minas Gerais e a jovem do Paraná.

Nota de pesar

A PUC-Campinas emitiu na tarde deste domingo uma nota pela morte de Marília.

"É com pesar que a PUC-Campinas recebe a notícia do falecimento da aluna Marília Camargo de Carvalho. A Reitoria da PUC-Campinas, as Diretorias do Centro de Ciências da Vida e da Faculdade de Medicina e toda a comunidade universitária lamentam profundamente a perda da aluna e se solidarizam com a dor da família" - G1.

Portal Carlos Magno


VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas