....
....

20/07/2018

PDT realiza convenção e Ciro Gomes é aclamado candidato a presidente com discurso de que Brasil precisa virar o jogo


Com forte discurso de resgate da autoestima do país, o ex-ministro Ciro Gomes foi aclamado candidato a presidente da República em convenção do PDT, nesta sexta-feira, e defendeu que o Brasil precisa "virar o jogo" e que, caso eleito, vai trabalhar para gerar empregos.

"Não estamos aqui para abrir feridas ou dissecar dados. Estamos aqui para convocar a nossa militância para o grande embate que vai fazer o Brasil virar esse jogo", disse Ciro em seu discurso na convenção partidária do PDT.



Ao destacar que é preciso um projeto "nacional desenvolvimentista", Ciro afirmou que a "primeira e mais urgente" tarefa no país é "gerar empregos, muitos milhares, milhões".

Ao repetir várias vezes que o "Brasil precisa mudar", Ciro fez um diagnóstico do país. Ele disse que o Brasil precisa de um novo projeto de desenvolvimento para voltar a crescer e se reindustrializar, buscar afirmar a identidade brasileira como cultura e ainda investir em "nossa ciência e tecnologia".

"Tudo isso é possível, o Brasil é um país grande e tem recursos suficientes para voltar a trazer a alegria ao povo brasileiro", disse, ao defender um "debate franco" das questões brasileiras.

O candidato destacou que não é possível que as coisas fiquem como estão, com o país tendo uma das maiores desigualdades do mundo. "No momento de nos reunimos nessa linda convenção, 13,2 milhões de brasileiros estão desempregados", destacou - Reuters.

Portal Carlos Magno


VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas