....
....

08/08/2018

Trauma confirma morte de vítima do acidente com silo que armazenava milho e se rompeu em empresa de Campina Grande


O Hospital Regional de Emergência e Trauma Dom Luís Gonzaga Fernandes, em Campina Grande, confirmou no final da manhã desta quarta-feira (08) a morte de Geraldo José da Silva, de 46 anos, uma das vítimas do acidente ocorrido durante a manhã na empresa Vitamilho, localizada na Avenida Almeida Barreto, no bairro Estação Velha, em Campina Grande.

Geraldo José e José Eugênio Alves Pequeno Filho foram as duas vítimas que saíram feridas do acidente. Porém, a situação de Geraldo era mais complicada, pois segundo as primeiras informações levantadas no local, ele teria ficado algo em torno de 40 minutos soterrado no milho que se espalhou após o rompimento do silo.



De acordo com o médico Jessé Clementino, do Regional, todos os procedimentos foram feitos para tentar reanimar Geraldo José, mas infelizmente ele veio a óbito. Em entrevista, ele explicou como foi procedido o atendimento no Regional. "Foram duas vítimas, uma chegou por volta de 9h40 no hospital e a outra 10h40, ou seja, uma hora depois".

Segundo o médico, Geraldo José era a vítima mais grave. "A segunda vítima, que foi a que ficou soterrada por cera de 40 minutos foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e posteriormente pela equipe de uma unidade avançada do SAMU, foi trazida para o hospital em manobra de ressuscitação cardiopulmonar, chegou no hospital em parada cardíaca, foi tentado mais um tempo de ressuscitação cardiopulmonar, mas infelizmente não se conseguiu êxito nessas manobras e o óbito foi atestado por volta de 11 horas da manhã".

Dr. Jessé Clementino disse que a causa exata da morte ainda será definida após o procedimento de necropsia, mas que existe indicação sobre duas possíveis causas. "Ele morreu em decorrência, justamente, desse período em que ele ficou soterrado, sem respiração. Ele ficou cerca de 40 minutos soterrado, então tem a questão da asfixia, e outro mecanismo do trauma pode ter sido, inclusive, o peso que caiu sobre a cabeça. Quem vai definir isso (a causa exata da morte) é a necropsia" - Carlos Magno.

Portal Carlos Magno


VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas