....
....

15/08/2018

Adolescente de 17 anos mentiu e criou toda a história sobre ter sido retirada de ônibus e estuprada em Campina Grande


Uma história meramente fantasiosa. É o adjetivo que se tem em relação ao enredo relatado por uma adolescente de 17 anos que disse à polícia ter sido retirada de um ônibus urbano à força, na noite da última segunda-feira (13), em Campina Grande, ter sido levada para um matagal e ter sido violentada por dois homens.

O fato gerou comoção e muitas mulheres publicaram mensagens de apoio e revolta nas redes sociais. Porém, a mentira não demorou muito para ser desmascarada. A verdade veio à tona após uma coletiva de imprensa promovida nesta quarta-feira (15), por membros da Polícia Civil de Campina.



De acordo com a delegada de Repressão a Crimes Contra Crianças e Adolescentes, Alba Tânia, as investigações apontaram para a conclusão de que a história contada pela adolescente não passava de uma farsa. A afirmação da polícia veio a partir da análise de imagens das câmeras instaladas no ônibus, que mostraram a adolescente entrando e saindo do veículo sem que ninguém se aproximasse dela.

Também foram levados em consideração o resultado dos exames feitos na adolescente e os depoimentos de familiares, que confirmaram que a jovem sofre de problemas mentais. "Diante de todas essas evidências, nós chamamos a adolescente e ela não quis mais comentar e admitiu que deu uma versão que não era verdadeira", disse a delegada.

"Não vamos julgar a atitude dela, pois é uma adolescente que está passando por sérios problemas psicológicos e que, inclusive, já tentou até suicídio. Então, a justificativa para ela ter feito isso foi a questão do psicológico dela não estar bom. Estamos dando apoio à família. Ela havia parado o tratamento psicológico e os medicamentos, e talvez isso tenha a alterado um pouco. Mas ela vai continuar o tratamento psicológico", finalizou Alba Tânia.

Portal Carlos Magno


VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas