....
....

28/08/2018

Polícia da Paraíba prende três suspeitos de tráfico e apreende drogas que estavam escondidas em cuecas


Policiais civis da 18ª Delegacia Seccional de Catolé do Rocha junto com o Grupo Tático Especial (GTE) de São Bento e Catolé do Rocha, Sertão paraibano, encontraram um ponto de venda de drogas e prenderam três suspeitos de tráfico de entorpecentes no último domingo (26). A ação foi realizada na Rua José Celestino Alves, no bairro Tancredo Neves, no município de Catolé do Rocha.

Uma denúncia anônima levou a polícia até o ponto de drogas. Os policiais civis realizaram uma campana, monitoraram a movimentação na residência e quando um homem chegou para comprar drogas os agentes de investigação cercaram e entraram na casa. Durante as buscas foram encontradas 59 trouxinhas de maconha, quase 30 gramas de crack, uma balança de precisão e 94 reais em dinheiro trocado, caracterizando o tráfico de entorpecentes. A droga estava escondida em latas de alimentos no armário do quarto do casal e dentro da cueca de uma criança de 12 anos, que é filho de um dos suspeitos.



Foram presos Jefferson Nóbrega de Brito, de 22 anos, dono da casa, a mulher dele Alessandra Chagas Torres Barreto, de 29 anos, e Alessandro de Souza Chagas, de 30 anos. Os suspeitos foram levados para a delegacia onde foram ouvidos e depois encaminhados para a carceragem para aguardar pela decisão da Justiça. "As informações repassadas pela população pelo número 197 são muito importantes. A prova disto está no resultado desta ação e de tantas outras onde conseguimos prender suspeitos de vários crimes. Reforço que o sigilo das informações é garantido e o denunciante não precisa se identificar", disse o delegado seccional Sylvio Rabelo.

A ação realizada neste domingo pelos policiais civis de São Bento e Catolé do Rocha faz parte da Operação Diacrisi, deflagrada há quatro meses no Bairro Tancredo Neves. O trabalho foi motivado por registros da prática de vários crimes na localidade, entre eles tráfico de drogas, homicídios, tentativas de homicídio e crimes patrimoniais. Com os três suspeitos presos no fim de semana sobe para 18 o número de pessoas presas desde o início da Operação - Secom-PB.

Portal Carlos Magno


VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas