....
....

05/09/2018

Polícia intercepta quadrilha que assaltou loja de atacado-varejista em Campina Grande e recupera produtos roubados


A Polícia Militar interceptou a fuga de seis suspeitos de envolvimento no assalto a uma rede de atacado-varejista, na tarde da última segunda-feira (3), no bairro Dinamérica, em Campina Grande, e recuperou com o grupo todo o material roubado. O crime teve a participação de um foragido do regime semiaberto, que morava por trás do estabelecimento e possivelmente vinha planejando o roubo.

O plano do grupo criminoso foi frustrado pela Polícia Militar da Paraíba depois que equipes do 2º Batalhão e Batalhão de Operações de Especiais (Bope) cercaram a rota de fuga usada pelo bando, que foi o bairro de Bodocongó, conforme informações do tenente Francisco de Assis.



"Quatro deles chegaram ao estabelecimento em um carro prata, com placas de Pernambuco, mas adulteradas. Três deles entraram, anunciaram o assalto e roubaram dois caixas e celulares de clientes, deixando três funcionários da diretoria do estabelecimento trancados em uma sala. Rapidamente montamos um cerco na cidade e conseguimos interceptar, no bairro do Bodocongó, os quatro que participaram diretamente do roubo e os outros dois que estavam dando apoio. O grupo já estava em outro carro, de cor vermelha, e tinham trocado de roupas na tentativa de não serem reconhecidos", contou.

Com os suspeitos, foi recuperado o dinheiro roubado, os celulares dos clientes, apreendidos os dois carros usados no crime e as duas armas utilizadas para fazer ameaças às vítimas no momento do assalto.



Um dos presos, de 37 anos, além de ser foragido do sistema prisional, estava com dois mandados de prisão em aberto por latrocínio, porte ilegal de arma e formação de quadrilha - crimes praticados entre os anos de 2014 e 2017. Outros três integrantes do grupo, de 33, 22 e 21 anos, eram presidiários do semiaberto, por crimes de roubo e tráfico de drogas. O quinto integrante tinha 20 anos, com passagem pela polícia também por roubo. O sexto detido foi um adolescente de 17 anos.

Todos eles foram levados para a Central de Polícia Civil, onde foram autuados por roubo e serão investigados por outros assaltos nas cidades de Campina Grande e Lagoa Seca - Secom-PB.

Portal Carlos Magno


VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas