....
....

06/09/2018

Demanda por turismo rural aumenta na Paraíba e rota dos engenhos do brejo é apresentada a guias turísticos do Rio Grande do Norte


Visitar os engenhos de cana de açúcar ainda em atividade no brejo paraibano e, ao mesmo tempo, conhecer o roteiro composto por cidades históricas e que ainda possuem o charme e a simplicidade do meio rural. Este foi o objetivo do Sebrae Paraíba ao levar 47 guias de turismo do Rio Grande do Norte para conhecerem o brejo paraibano e sua rota dos engenhos, com o propósito de vender o roteiro a turistas que, cada vez mais, demandam pelo nicho rural.

Durante três dias o grupo passou pelas cidades de Bananeiras, Serraria, Areia, Alagoa Grande, Pirpirituba, Duas Estradas e Guarabira. Além de ônibus, os guias também puderam conhecer as localidades utilizando um meio de transporte bastante característico: uma jardineira, espécie de caminhão adaptado com bancos unidos e conceito mais aberto, permitindo maior contato com a natureza. Em Areia, por exemplo, além do engenho da cachaça triunfo, os agentes conheceram a pousada e rancho Nova Vida, a Casa do Doce e a Casa de Vó Maria.



O presidente do Sindicato dos Guias de Turismo do Rio Grande do Norte, Júnior Lima, explica que existe um nicho de mercado em expansão voltado ao turismo rural, principalmente se o roteiro inclui diferenciais como engenhos de cachaça, serras e trilhas. "Os próprios turistas pedem essas rotas, então, decidimos trabalhar conhecendo na prática. Escolhemos o brejo paraibano porque além de atender esta demanda de um turismo mais simples e rural, os engenhos ficam próximos uns dos outros, facilitando a logística e praticidade das visitações", afirmou.

De acordo com Lima, o roteiro também se destaca pelo acolhimento e gastronomia regional. "O mercado gastronômico influencia muito, tanto nacional quanto internacionalmente. É importante buscar um público mais internacional, que tem esta carência e fica limitado ao sol e mar. Hoje, nosso grande parceiro em termos de turismo é o Sebrae, que tem sido um verdadeiro braço direito. O Sebrae tem o programa de incentivo à interiorização e forma um casamento perfeito com os profissionais do setor, ao fornecer um trabalho mais técnico e elaborado de incentivo e apoio", frisou.

"Essa visita foi muito importante para a região porque os guias puderam viver a experiência do brejo, visitar os belos engenhos que temos e degustar nossos produtos. Além disso, também puderam conhecer pousadas da região e compreender, por meio do clima, da cultura e da gastronomia locais, qual é o nosso diferencial. Foi muito gratificante receber a equipe de guias e espero que cada vez mais turistas venham vivenciar nossa região", afirmou a gerente da Agência Regional do Sebrae em Guarabira, Jacy Viana.

Agentes confirmam viabilidade da rota

O guia Frank Charles Soares, que trabalha com o segmento de trilhas e 4x4, afirma que o brejo paraibano possui trilhas e serras atraentes e que o roteiro já é trabalhado há cinco anos por ele. "A rota é maravilhosa e tem ótimas serras. Vir até aqui foi importante para conhecer novos locais. Já anotei novos roteiros e virei com o mesmo grupo para apresentar as novidades e diferenciais da rota", disse.

O proprietário da agência Discovery Tour Natal, Jader Messias de Oliveira, explica que o turista que visita Natal pela primeira vez vai em busca do roteiro de sol e mar, mas os que continuam visitando a cidade procuram por novidades, incluindo o turismo rural. "O cliente tem que entrar no clima, entender que é um roteiro rural, com natureza. Ele deve estar preparado para relaxar, porque se ficar na tensão do dia a dia, não entende a magia que é isso aqui. Gostei da organização e do acolhimento do paraibano e o roteiro é muito vendável, principalmente para o turista internacional, que gosta de um turismo contemplativo", afirmou.

Equipamentos são visitados

Durante a manhã de ontem, o grupo visito, na cidade de Areia, o engenho da cachaça triunfo e, em seguida, foram à Casa do Doce. O almoço foi curtido na Casa de Vó Maria, restaurante sustentável que produz quase tudo o que é consumido, com exceção do tomate, e que mantém a áurea rústica das casas antigas da zona rural. "Incentivamos os produtores familiares da região a produzir macaxeira, batata doce, galinha de capoeira e até a linguiça é caseira. O restaurante tem muitos prêmios e o reconhecimento também veio esta semana: fui a única palestrante da Paraíba a participar do evento Crescer Google, em João Pessoa", contou a responsável pelo sucesso do empreendimento, Luciana Balbino.

Em seguida, o grupo conheceu o Rancho e Pousada Nova Vida. O proprietário, Jorge dos Santos, explica que o local é conhecido por ser utilizado para eventos que variam desde retiros religiosos a confraternizações e até mesmo casamentos. "Temos trilhas para cachoeiras, passeios de jipes, área de acampamento e tudo isso na serra, com uma paisagem linda e clima agradável. A região de Areia consegue unir história e cultura num só lugar, interligando o turismo e empreendedores da região", disse.

Todos os passeios foram feitos com a jardineira de Sandra e Moisés Ramalho. Sendo 4x4, o meio de transporte pode passar por lugares que vans e ônibus não têm acesso. "É uma proposta diferente e fazemos diversos roteiros, tanto aqui no brejo quanto no litoral norte e sul do estado. Por ser aberto, é possível ter um contato maior com a natureza e sempre contratamos um guia para explicar a história local. Sou guia, mas fico responsável pela animação do grupo", afirmou Sandra - Assessoria.

Portal Carlos Magno


VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas