....
....

18/10/2018

Motorista de Uber morre baleado em Campina Grande; uma criança e o passageiro, que seria o alvo do atentado, saíram feridos


Um motorista do aplicativo Uber identificado como Alan Nogueira da Silva, de 25 anos, morreu na manhã desta quinta-feira (18), no bairro do Pedregal, em Campina Grande. Ele foi morto a tiros durante um atentado que teria como alvo o passageiro Samuel Alves da Silva, de 30 anos, que estava no veículo no momento e que saiu ferido. Uma criança de 7 anos também foi ferida com um tiro de raspão na mão.

Segundo informações policiais, Alan teria pego Samuel em uma corrida para o bairro do Pedregal e, em determinado momento, ao passar pela Rua São Geraldo, já próximo do local onde a corrida seria finalizada, houve a ação criminal. Ao perceber o que estava acontecendo - e provavelmente sem saber que o alvo era o passageiro - o motorista acelerou o veículo, dando início a uma perseguição.



O carro só parou quando Alan perdeu o controle do carro e bateu em uma árvore. Com o impacto da batida, Alan, que já estava baleado, não resistiu e veio a óbito. Samuel foi atingido por quatro tiros, sendo um deles na cabeça, e socorrido para o Hospital Regional de Emergência e Trauma Dom Luis Gonzaga Fernandes, em Campina Grande. Seu estado de saúde é grave.

A menina, vítima de uma bala perdida, também foi socorrida para o Trauma, mas passa bem. Segundo a delgada Nicélia Dantas, responsável pelo caso, Samuel tem várias passagens pela polícia.

Portal Carlos Magno