....
....

04/11/2018

Estabilidade criada por Adriano entre os poderes fortalece sua postulação para presidir novamente a Assembleia


O deputado estadual Adriano Galdino (PSB), muito provavelmente, será escolhido pelos demais parlamentares como o próximo presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba. Articulado, ele tem conversado com os colegas deputados e está pavimentando muito bem a sua eleição.

Aliás, pelo "andar da carruagem", Adriano Galdino terá a grande maioria dos votos da base e até parte dos votos da bandada de oposição, o suficiente para lhe garantir a vitória, sacramentando, de uma vez por todas, a sua eleição para a presidência da Mesa Diretora.



A favor de Adriano contam vários aspectos. Da lealdade ao projeto de Ricardo Coutinho ao bom relacionamento com os parlamentares. Aliás, por falar em lealdade e correção, estas qualidades de Adriano também se estendem à relação dele com João Azevedo. Basta lembrar, por exemplo, que na última eleição, a votação obtida por Adriano em Pocinhos, sua principal base política, foi numericamente a mesma conquistada por João: cada um obteve, exatos, 4.907 votos. Isso, sim, é o que se pode chamar de 'voto casado'.

Mas existe um outro ponto importante que é levado em consideração: a estabilidade que sua gestão proporcionou à relação entre os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário. Como presidente da Assembleia, Adriano foi o grande interlocutor que conseguiu pacificar os poderes num momento em que esta pacificação se mostrava necessária.

Este fato, sem dúvidas, acabou por cacifá-lo junto aos pares, junto ao Palácio da Redenção e junto à opinião pública, para que estivesse tão bem posicionado nesta disputa como está.

Prova disso é que, nos últimos dias, Adriano passou a contar com apoios importantes na base do governador Ricardo Coutinho - e do futuro governador João Azevedo. Um grande nome que também pleiteava a presidência, o deputado estadual Ricardo Barbosa (PSB), anunciou a sua desistência para apoiar Adriano. Tião Gomes, idem. E, entre os oposicionistas, Adriano também tem sido bem visto.

No geral, este cidadão, que já vendeu balas pelas ruas de Pocinhos, trabalhou como garçom e, na política, chegou a ser Presidente do Poder Legislativo Estadual e até a assumir o cargo de Governador do Estado, tem tudo para voltar a ser presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba. Até janeiro, saberemos.

Portal Carlos Magno