....
....

19/06/2019

Você sabe o que é e como funciona a quebra de sigilo bancário? Veja, de forma didática, o que diz a lei


Sigilo bancário é o dever que as instituições financeiras têm de guardar os dados dos seus clientes, sem revelá-los, pois, tal sigilo configura-se como direito à intimidade e à vida privada, o que constitui direito fundamental.

 

No Brasil, existem algumas situações em que ocorrerá a quebra de sigilo, ou seja, o fornecimento de dados de um indivíduo ao judiciário. Porém, tais hipóteses de situações são devidamente previstas na Lei Complementar 105.



 

Uma das situações mais recorrentes e que, são previstas por lei, é a quebra de sigilo para a apuração de qualquer ilícito, principalmente em questões, como:

 

- Lavagem de dinheiro;

 

- Tráfico de drogas;

 

- Terrorismo;

 

- Crimes praticados contra a ordem tributária ou previdência social.

 

Há países chamados de paraísos fiscais, como por exemplo a Suíça, que são lugares onde a quebra de sigilo bancário é extremamente rigorosa e quase impossível, por isso muitos brasileiros e, principalmente políticos, abrem conta nestes países por conta das leis que regem aquele lugar.

 

Portanto, a quebra de sigilo bancário fora desta circunstância apresentada no texto e, das outras presentes na lei, configura crime e a pena de reclusão varia de 1 a 4 anos e gera multa. A prática desse ato sem uma ordem judicial fundamentada nestas hipóteses, é uma prática criminosa e nenhuma instituição financeira pode fazer isso.

 

Conteúdo produzido pela VLV Advogados.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas