....
....

03/07/2019

Garota de programa dopa e mata açougueiro após relação sexual, rouba o carro da vítima e vende por R$ 150


O carro do açougueiro de 55 anos morto dentro de um quarto na zona norte de Sorocaba (SP) foi roubado e vendido por R$ 150, segundo a Polícia Civil. Francisco Correia da Silva foi encontrado morto em um matagal no Jardim Simus em abril deste ano.

 

O açougueiro Francisco foi executado no dia 23 de março deste ano. Segundo o delegado Acácio Aparecido Leite, responsável pelo caso, no dia do crime, a vítima saiu do trabalho, no Centro, e abordou uma garota de programa, de 29 anos, na Avenida Ipanema.

 

De acordo com o depoimento dela à polícia, os dois foram para um quarto, onde a quantia de dinheiro na carteira da vítima chamou a atenção dela.



 

Em seguida, a suspeita saiu para comprar drogas, quando encontrou uma jovem e as duas foram comprar mais crack. Outros dois homens foram encontrados por elas e todos seguiram para o local onde Francisco dormia.

 

Ainda de acordo com a polícia, após três meses de investigação, foram identificados sete envolvidos, sendo quatro indiciados por latrocínio, quando há roubo seguido de morte, e os outros pela compra do carro da vítima.

 

Segundo a polícia, o veículo foi localizado abandonado seis dias após o desaparecimento, no dia 29 de março, próximo ao Residencial Carandá.

 

De acordo com a investigação, o carro foi comprado por um morador do condomínio, retirado do estacionamento e abandonado à beira da Rodovia Emerenciano Prestes de Barros após os receptadores terem notícias de que se tratava de um veículo de uma pessoa desaparecida.

 

Eles tentaram queimar o veículo para apagar vestígios de DNA, mas foram denunciados. Com base no depoimento deles, a polícia localizou os verdadeiros autores do crime.

 

A polícia reuniu imagens de câmeras de segurança do dia 29 de março que mostram os homens empurrando o carro na saída do residencial, no Parque Manchester.

 

Dopado e morto

 

De acordo com a polícia, a intenção da garota de programa, segundo afirmou em depoimento, era dopá-lo novamente, só que com injeção. A vítima teria acordado e acabou sendo agredida com socos e asfixiada com um travesseiro.

 

O corpo foi colocado em um carro e abandonado no Jardim Simus, em Sorocaba, onde foi encontrado uma semana depois. O carro foi achado abandonado na rua.

 

Três pessoas foram presas por receptação, mas respondem em liberdade. Uma adolescente foi apreendida e encaminhada à Fundação Casa. A garota de programa e mais duas pessoas foram presas pelo homicídio e pela ocultação do corpo. Francisco não era casado e tinha um filho – G1.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas