....
....

08/07/2019

João Azevêdo faz balanço de ações na Saúde, Educação e Recursos Hídricos e fala da atração de novas empresas


O governador João Azevêdo deu continuidade ao balanço das principais ações realizadas nos primeiros seis meses de gestão. A prestação de contas dos investimentos nas áreas da Saúde, Recursos Hídricos, Educação, Ciência e Tecnologia, Desenvolvimento Humano, Habitação e Orçamento Democrático foi realizada durante o programa semanal ‘Fala, governador’, transmitido em cadeia estadual pela Rádio Tabajara, nesta segunda-feira (8).

 

No programa da semana passada, o gestor detalhou as ações empreendidas pelo Governo na Segurança Pública, Mobilidade Urbana, Funcionalismo Público e Cultura. João Azevêdo destacou esta semana que a Paraíba tem conseguido manter o ritmo de novas obras e ampliado políticas públicas. “Todo esse esforço tem atraído novas empresas e assegurado uma melhor qualidade de vida ao povo paraibano”, ressaltou.



 

Saúde

 

Dentre as ações já desenvolvidas na área e citadas pelo governador, estão a Caravana da Rede Cuidar; realização de mais de 1.400 cirurgias eletivas; nova administração no Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa; locação de 18 novas ambulâncias para 16 unidades de Saúde do Estado; doação de veículo adaptado para transporte de usuários da Funad; e habilitações da UTIs dos Hospitais Metropolitano e Geral de Mamanguape e do Hospital do Bem, em Patos, pelo Ministério da Saúde. Para os próximos dias, estão previstas a reforma do Hospital Regional de Patos e a reconstrução da maternidade Frei Damião.

 

Recursos Hídricos

 

O governador destacou que a Secretaria da Infraestrutura, dos Recursos Hídricos e do Meio Ambiente está construindo a barragem e sistema adutor Retiro Boqueirão do Cais e 71 adutoras; e dado andamento ao programa de recuperação de barragens e ao plano de segurança de barragens. No programa Água Doce, estão sendo investidos mais de R$ 1 milhão na implantação de sistemas de tratamento de água.

 

Já a Companhia de Água e Esgoto da Paraíba (Cagepa) está realizando obras de implantação de reservatórios e de sistema adutor,  melhoria da rede de distribuição de água, ligações domiciliares e construções de estações elevatórias nos municípios de João Pessoa, Conde, Lucena, Queimadas, Baraúna, Rio Tinto, Mamanguape, Araçagi, Cajazeiras, Carrapateira, Monte Horebe, Coremas, Areia e Serraria.

 

“A Paraíba é um Estado que tem mais de 75% de seus municípios dentro da Região do Semiárido e sabemos da importância de tratar sobre recursos hídricos, por isso, temos um volume muito grande de investimentos sendo realizados”, pontuou João Azevêdo.

 

Educação

 

Foram destacados pelo gestor, o incentivo ao intercâmbio estudantil e de professores, por meio do programa Gira Mundo; ampliação do programa ‘Se liga no Enem’; expansão das Escolas Cidadãs Integrais; crescimento de 61% em inscrições no Enem 2019; inaugurações da ECIT Dom Marcelo Pinto Carvalheira, em Guarabira, da Escola Estadual de Ensino Médio Agropecuarista José Wilson  de  Albuquerque Melo, em Capim, e do ginásio de escola em Santa Helena; lançamento dos programas Bom de Bola, que prevê a construção de 90 ginásios em escolas da rede pública estadual, e do programa Primeira Chance; além da realização do concurso para o Magistério com a oferta de 1.000 vagas.

 

“A política pública voltada para a educação permite aos nossos jovens competir no mercado de trabalho com igualdade de condições. Essas melhorias estão associadas à Escola Cidadã Integral e fazem com que o aluno acredite que é possível mudar sua vida e sonhar com dias melhores; isso nos alegra e nos incentiva cada vez mais”, disse o governador.

 

Ciência e Tecnologia

 

João Azevêdo destacou os lançamentos dos editais do programa Centelha, do concurso de Redação e de ações voltadas para o apoio à organização e realização de eventos científicos, tecnológicos e de inovação, feiras e olimpíadas científicas.

 

Desenvolvimento Humano

 

O governador elencou o lançamento do 5º edital do projeto Acolher e do edital do programa de Aquisições de Alimentos; fortalecimento do programa Leite da Paraíba; reajuste de 40% no cartão alimentação; atendimento a entidades sem fins lucrativos; construção de cisternas; entregas de triciclos; realização de feiras itinerantes da Agricultura Familiar; e realizações da Campanha de Enfrentamento ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, da Campanha de Doações dos Agasalhos para os Desabrigados das Chuvas, na Grande João Pessoa, e do programa Cidadão.

 

“A assistência ao cidadão está chegando muito mais forte, com toda uma estrutura para atender a população”, relatou o gestor.

 

Habitação

 

As entregas do Residencial Thomas More I e II, em Santa Rita, e das unidades habitacionais do Programa Nacional de Habitação Rural em Dona Inês e no Conde, além das escrituras do Conjunto José Mariz, em João Pessoa, foram destacadas pelo gestor. Também estão em construção os Residenciais Rosa Luxemburgo, em Santa Rita; Josemir Mendes, em Bayeux; Carnaúbas, em Belém; Pedra do Reino, Parque do Sul, Alvorada do Sul, Canaã I e II, em João Pessoa; Judas Tadeu I e II, em Patos; e diversas unidades habitacionais em vários municípios do Estado.

 

“Eu tenho uma satisfação muito grande de entregar obras na área da habitação pela simbologia de uma casa para a família, porque é o lugar de retorno, o porto seguro que cada um tem após um dia de trabalho ou de busca por emprego”, disse João Azevêdo.

 

Orçamento Democrático

 

As plenárias deste ano registraram recorde de participação popular, com a presença de mais de 50 mil pessoas. As audiências ocorreram nos municípios de Itaporanga, Princesa Isabel, Esperança, Solânea, Sousa, Cajazeiras, Campina Grande, Sumé, Catolé do Rocha, Pombal, Cuité, Guarabira, Patos, Soledade, Itabaiana, Mamanguape e João Pessoa.

 

João Azevêdo afirmou que os pleitos apresentados pela população contribuíram para o Governo fazer um bom planejamento de suas ações e assegurou que muitas obras reivindicadas no Ciclo de 2019 serão entregues no próximo ano. “Essa participação demonstra a credibilidade desse instrumento. As pessoas acreditam no Orçamento Democrático porque veem as respostas de suas demandas, e essa ação, que se consolidou como uma política de Estado, vai permanecer como uma grande festa da democracia participativa”, concluiu o governador – Secom-PB.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas