....
....

18/07/2019

Polícia prende em João Pessoa homem que tentou esganar mulher na frente da filha por ela ter ido ao Posto de Saúde sem autorização dele


Um homem foi preso pela Polícia Civil, no início da tarde desta quarta-feira (17), após tentar esganar a companheira na presença da filha do casal, de apenas dois meses. O pedreiro Renneé Gomes Batista foi denunciado pela própria companheira, após ter sido agredida. Ela relatou sofrer uma rotina de agressões físicas e verbais, sendo que a última sessão de violência ocorreu na manhã desta quarta-feira (17).

 

Renneé foi preso no local de trabalho por equipes da Delegacia de Atendimento à Mulher da zona sul de João Pessoa.  De acordo com a delegada Cláudia Germana Santos, a vítima chegou na delegacia apresentando muitas lesões. "Ela disse que o companheiro dela é muito violento e ciumento. Ele a proibia de manter contatos com amigos e parentes e ficou agressivo com ela porque a vítima foi no posto de saúde sem pedir a autorização dele", afirmou a delegada.

 

Em depoimento, a vítima informou que vive com o suspeito há um ano e tem uma filha com ele de apenas dois meses de vida. A mulher destacou que foi agredida com socos no rosto, puxões de cabelo e ainda teve o pescoço apertado. O preso ainda praticou agressões verbais, xingando a companheira com palavras de baixo calão

 

"Assim que tomamos conhecimento, nossos investigadores saíram em diligências para localizar o agressor. A vítima informou que ele trabalhava em uma obra no bairro de Mangabeira, sem precisar o local exato. Mas nossas equipes fizeram buscas e o localizaram", declarou a delegada.

 

Renneé foi autuado em flagrante delito por crimes de lesão corporal, injúria, com base na Lei Maria da Penha e Código Penal Brasileiro – Secom-PB.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas