....
....

31/07/2020

Polícia prende em João Pessoa suspeito de arrombar a mesma loja de roupas no centro da capital por duas vezes em uma semana


A Polícia Militar prendeu, nessa quarta-feira (29), o suspeito de arrombar uma loja de roupas que fica no centro da Capital. O estabelecimento foi alvo duas vezes do acusado, sendo uma nessa quarta (29) e outra na quinta-feira (23) da semana passada. Os crimes foram praticados com o uso de uma pedra contra a vidraça da loja.

 

O suspeito dos arrombamentos foi preso por uma das equipes do 1º Batalhão, praticando já outro tipo de crime, que era o de aplicar golpe perto de uma agência bancária, também no centro.



 

Os policiais suspeitaram das características e roupas do suspeito, que são as mesmas que ele aparece nas imagens da loja arrombada. Ele é morador de rua e estava sem documento de identificação.

 

O preso foi levado para a Central de Polícia Civil, no bairro do Geisel, que vai aprofundar as investigações. O outro homem que o ajudava no crime segue sendo procurado.

 

Outra prisão

 

Na última sexta-feira (24), os policiais do 1º Batalhão prenderam um casal e apreenderam um adolescente que tinham acabado de arrombar uma das farmácias da Avenida Epitácio Pessoa, no bairro dos Expedicionários, na Capital. O material furtado também foi recuperado.

 

Tanto no caso da farmácia quanto no da loja foram ações praticadas com o mesmo modo de agir, que era arremessando pedra ou outro objeto contra a vidraça, já que era a única barreira para ter acesso ao interior do estabelecimento – Secom-PB.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-
Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas