....
....

11/12/2020

Operação da Polícia Federal descobre que quadrilha usou até caixões com supostas vítimas de Covid-19 para traficar drogas


A Polícia Federal realizou, nesta quinta-feira (10), operação contra grupo suspeito de traficar drogas usando como fachada caixões que supostamente levariam pessoas que morreram em decorrência da Covid-19. Há alvos nas cidades de Porangatu, Rio Verde, Ponta Porã (MS), Campo Verde (MT) e Brasília.

 

Segundo a PF, mais de 40 policiais federais trabalham na Operação Caixão para cumprir dez mandados de busca e apreensão e quatro de prisão - expedidos pela Justiça de Jataí, no sudoeste goiano.



 

Investigação

 

Ainda de acordo com a PF, o grupo começou a ser investigado em junho deste ano, quando uma pessoa foi presa com 287 kg de maconha sendo levados dentro de dois caixões funerários (assista acima). De acordo com os policiais, eles estariam supostamente carregando pessoas que morreram em decorrência da Covid-19. A abordagem foi feita em Jataí.

 

O trajeto feito à época era entre Ponta Porã e Goiânia. A corporação apurou que detentos presos em Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital, estariam encomendando essas substâncias.



 

Por meio de nota, a Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP) informou que "aguarda o encaminhamento oficial dos dados para as providências internas e necessárias de segurança administrativa" – G1.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-
Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas