....
....

25/02/2021

Fiscalização contra a Covid-19 interdita culto em igreja com mais de duas mil pessoas e aplica multa de R$ 150 mil


Agentes da Ação Integrada de Fiscalização Urbana (Aifu) contra a propagação da Covid-19 interditaram, no fim da noite de quarta-feira (24), um culto religioso com mais de duas mil pessoas em uma igreja no bairro Batel, em Curitiba. Assista ao vídeo.

 

De acordo com a equipe, os participantes estavam aglomerados e sem manter o distanciamento social, ou seja, contrariando os protocolos sanitários estabelecidos para conter o vírus.



 

"Não é muita gente porque aqui a gente tinha álcool em gel e todo mundo de máscara", disse uma das participantes. Ao ser questionada se ela não tinha medo da aglomeração, a resposta foi: "Não, eu não tenho medo. E os botecos? Os botecos estão cheios", argumentou.

 

Os responsáveis pelo evento foram levados para delegacia, assinaram um Termo Circunstanciado, e foram liberados.

 

O G1 entrou em contato com a igreja, mas ninguém quis se manifestar.

 

Durante a ação, foram aplicadas três multas, que somaram R$ 150 mil. Os autos foram expedidos, segundo a prefeitura, porque além da realização do evento em desacordo com os protocolos sanitários, havia falta de controle do número de pessoas e de distanciamento de 1,5 metro entre os participantes.

 

A fiscalização ocorreu a partir de denúncia da população, segundo os agentes da Aifu.

 

Bandeira laranja

 

Na quarta, a Prefeitura de Curitiba determinou o retorno da bandeira laranja - que indica nível de alerta para a pandemia do novo coronavírus. O decreto entra em vigor nesta quinta-feira (25) e vale por 14 dias, podendo ser prorrogado dependendo do comportamento da pandemia na cidade.

 

eventos deste tipo cumpram distanciamento de 1,5 metro entre as pessoas e que funcionem com, no máximo, 50% da capacidade do ambiente.

 

A bandeira laranja proibiu o funcionamento de estabelecimentos destinados ao entretenimento ou a eventos culturais, como casas de shows, circos, teatros, cinemas e museus.

 

As práticas esportivas coletivas em praças e demais bens públicos ou privados, incluídos os condomínios e áreas residenciais, também não são mais permitidas.

 

Mais de 84 mil casos confirmados do novo coronavírus

De acordo com o boletim da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), divulgado na quarta-feira (24), a capital paranaense tem 84.597 casos confirmados de Covid-19 e 2.487 pessoas morreram pela doença – G1.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-
Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas