....
....

25/03/2021

Ministro do TCU, Vital do Rêgo Filho destaca legado de Juarez Amaral no jornalismo e lamenta sua morte


O Ministro do Tribunal de Contas da União – TCU Vital do Rêgo Filho comentou nesta quinta-feira (25) a morte do jornalista Juarez Amaral de Medeiros, aos 71 anos. Juarez faleceu em decorrência da Covid-19, após uma semana de internação no Hospital Pedro I, em Campina Grande, para onde foi levado após se sentir mal durante uma caminhada no Açude Velho.

 

Segundo Vitalzinho, Juarez Amaral marcou gerações de jornalistas com seu jeito peculiar de tratar a notícia e seu caráter inovador. O Ministro lembrou que foi Juarez quem criou o hábito, em Campina Grande e na Paraíba, de ouvir notícias pelo rádio, através da criação do Jornal de Verdade, o mais antigo jornal radiofônico, ainda hoje em atividade, da Paraíba.



 

“Juarez ousou trabalhar a notícia no rádio numa época em que Campina Grande tinha o hábito de ouvir músicas e transmissões de futebol nas emissoras locais. Ele criou um jeito novo de fazer rádio e esse jeito novo o levou a ser dono da maior audiência de Campina. Hoje, muito do que se faz no rádio campinense e paraibano é fruto da ousadia deste grande profissional que nós perdemos”, destacou Vital do Rêgo.

 

O Ministro do TCU também lamentou a perda para os familiares e tantos amigos que foram construídos ao logo de sua trajetória profissional. “Juarez sempre foi muito atencioso comigo e com todos os que o conheceram. Ele deixa, além do legado de grande profissional de imprensa, milhares de amigos e admiradores. A todos, sobretudo aos seus familiares, o meu mais sincero sentimento de pesar”, finalizou Vitalzinho – Assessoria.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-
Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas