....
....

29/04/2021

Governo da Paraíba distribui mais de 480 toneladas de alimentos comprados diretamente da agricultura familiar


Com a finalidade de garantir a segurança alimentar e nutricional da população paraibana, principalmente em tempos de pandemia, o Governo do Estado, por meio da Secretaria Executiva de Segurança Alimentar e Economia Solidária (Sesaes)/Secretaria de Desenvolvimento Humano (Sedh), comprou e distribuiu de janeiro a 15 de abril deste ano 482 toneladas de alimentos do Programa de Aquisição de Alimentos na modalidade Compra com Doação Simultânea (PAA-CDS).

 

Foram beneficiados 246 agricultores fornecedores, oriundos de 30 municípios do estado, além de 55 entidades ou instituições recebendo os alimentos que foram distribuídos para as famílias em situação de insegurança alimentar e nutricional. Só a cidade de Pedro Régis, no Vale do Mamanguape, recebeu 4 mil quilos de alimentos da agricultura familiar, separados em 600 kits que beneficiaram a população em situação de vulnerabilidade social, da zona urbana e rural, cadastradas pela Secretaria Municipal de Assistência Social.



 

“Nos últimos meses tivemos a preocupação de garantir uma ajuda aos mais vulneráveis através de doação de cestas básicas, o que dentro das nossas condições financeiras era muito pouco para demanda que temos. Essa parceria com o Governo do Estado garante o fortalecimento da agricultura familiar e a segurança alimentar da nossa população”, afirma a prefeita do município de Pedro Régis, Michele Ribeiro.

 

A proposta do PAA-CDS que está em curso totaliza R$ 9,1 milhões. Com base na Portaria n° 393, de 5 de junho de 2020, do Governo Federal, o Governo da Paraíba desenvolveu uma proposta fundamentada por indicadores contidos no Mapa de Insegurança Alimentar e Nutricional do Estado, assim como nos índices de desenvolvimento humano dos munícipios. Ao todo, são contemplados 184 municípios, distribuídos nas 14 regiões da Paraíba; cerca de 1600 agricultores fornecedores comercializando seus produtos e mais de 200 unidades recebedoras responsáveis por distribuir esses alimentos às famílias em situação de insegurança alimentar e nutricional.

 

O PAA tem o objetivo de promover o acesso à alimentação em quantidade, qualidade e regularidade necessária às pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional; assim como valorizar e fortalecer a agricultura familiar, a produção sustentável e a geração de renda – Secom-PB.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-
Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas