....
....

22/05/2021

Homem que matou a namorada usou o Facebook da vítima para postar mensagem enganando familiares e amigos


Sílvio Adão, 38, preso como suspeito de ter matado a namorada Nilceia Ferreira, 39, a golpes de canivete no pescoço em Itatinga, interior de São Paulo, usou as redes sociais dela depois de ter cometido o crime para justificar o sumiço. A apuração é do UOL.

 

A postagem que chamou a atenção da Polícia Civil foi feita em 11 de maio no perfil do Facebook de Nilceia, já que ela foi morta dois dias antes, no dia 9. “Bom dia a todos, estou com covid. Que o Senhor nos abençoe, se Deus quiser vai dar tudo certo”, diz a postagem. O homem ainda respondeu, pela sua conta: “Vamos vencer juntos, amor”.



 

A Polícia Civil já investigava o caso desde que a família registrou boletim de ocorrência, no dia anterior à postagem. Silvio Adão acabou sendo preso por outro crime: não pagar pensão de um filho que ele tem de outro relacionamento. Na delegacia, os policiais questionaram o sumiço de Nilceia e ele confessou o assassinato – Istoé.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-
Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas